Skip to content

EQUIPA OLÍMPICA DE REFUGIADOS

A “Equipa Olímpica de Refugiados” (EOR) é um programa que ajuda atletas-refugiados a tentarem concretizar o sonho de participar nos Jogos Olímpicos. Em Portugal, foram identificados dois jovens, com percurso de elevado mérito desportivo, que após candidatura à Solidariedade Olímpica (SO) têm vindo a integrar o Programa de Preparação Olímpica para Refugiados.

NOME COMPLETO: Dorian Keletela

DATA DE NASCIMENTO: 06/02/1999

MODALIDADE: Atletismo

PROVA: velocidade – 100 metros

ALTURA: 177cm

PESO: 76kg

NATURALIDADE: Congo (Brazzaville)

FACEBOOK: Ver perfil

CLUBE: Sporting Clube de Portugal

INSTAGRAM: Ver perfil

PRESENÇAS EM JOGOS: 0

TREINADOR: João Abrantes

IDOLO: Francis Obikwelu

BIOGRAFIA

O Dorian chegou sozinho a Portugal em maio de 2016. Como muitos dos jovens refugiados desprotegidos, foi acolhido na Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas (CACR), ao abrigo da proteção internacional para refugiados. Tinha perdido a família, os amigos, a casa e a sua terra… Não sabia da existência do nosso país, da língua ou cultura, mas veio com a esperança de abraçar um futuro promissor.

Dorian manifestou interesse em correr e, através do programa “Viver o Desporto – Abraçar o Desporto”, o jovem refugiado congolês começou a treinar no Sporting Clube de Portugal, que desde então se tornou a maior motivação da sua vida.

Quando completou 18 anos, o COP candidatou-o a uma Bolsa da Solidariedade Olímpica com o objetivo de o integrar na EOR. Atualmente, integra o Plano de Preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, na modalidade de Atletismo, com a marca promissora de 10,46 segundos na prova dos 100m.

Apesar de ainda não dominar a língua portuguesa, facto que tem dificultado a continuação dos estudos, o Dorian está determinado a lutar pelo sonho Olímpico e ambiciona um futuro como treinador desportivo.

NOME COMPLETO: Farid Walizadeh

DATA DE NASCIMENTO: 02/05/1997

MODALIDADE: Boxe                           

PROVA:– 57 kg (pluma)

ALTURA:185cm

PESO:56kg

NATURALIDADE: Afeganistão

FACEBOOK: Ver perfil

CLUBE: Paulo Seco Team Lisboa Futebol Clube boxe

INSTAGRAM: Ver perfil

PRESENÇAS EM JOGOS: 0

TREINADOR: Paulo Seco

IDOLO: Muhammed Ali, Bruce Lee, Jackie Chan

BIOGRAFIA

O Farid chegou a Portugal no dia 28 de dezembro de 2012. Como muitos dos jovens refugiados desprotegidos, foi acolhido na Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas (CACR), ao abrigo da proteção internacional para refugiados. Foi separado da família com 1 ano de idade e, depois de ter perdido a família de acolhimento, deixou o Afeganistão aos 7 anos, fugindo a pé pelo Paquistão, Irão, Turquia … até que finalmente chegou a Portugal com 15 anos.

Quando chegou quis treinar boxe, depois de ter praticado kung-fu e taekwondo na Turquia. Passados cinco meses, com a ajuda do seu treinador, tornou-se campeão nacional de cadetes, aos 15 anos. Apesar deste resultado promissor, o facto de não ser português impediu-o de continuar a conquistar títulos e a participar oficialmente no campeonato nacional.

Quem conhece Farid descreve-o como sendo tenaz, objetivo, disciplinado e metódico. É sociável, até extrovertido, e aprendeu desde cedo a desenvencilhar-se. A história de Farid levou o júri da Comissão do Prémio dos Direitos do Homem da Assembleia da República a atribuir-lhe a medalha de ouro em 2014 e, em 2019, a partilhá-la no First Global Refugee Forum, organizado pela ONU em Genebra.

Farid treina diariamente para fazer parte da Equipa Olímpica de Refugiados nos Jogos Olímpicos de Tóquio e frequenta o 2.º ano do curso de Arquitetura da Universidade Lusíada com a ambição de um dia vir a ser arquiteto.