Teve ontem lugar na Grécia, nas ruínas de Olímpia, a cerimónia onde foi acesa a chama olímpica dos Jogos Olímpicos de inverno Sochi 2014, dando-se de seguida início ao percurso de 65.000 quilómetros até ao Estádio Olímpico, daqui a 132 dias, para a cerimónia de abertura, marcada para 7 de fevereiro.

Presente esteve o novo presidente do Comité Olímpico Internacional, o alemão Thomas Bach, naquela que foi a sua primeira cerimónia oficial no cargo, depois da eleição no passado dia 10 de setembro. No seu discurso, Bach destacou os valores do olimpismo. “A chama acesa hoje pelo sol grego traz consigo a responsabilidade de uma celebração pacífica. O percurso da tocha será um mensageiro dos valores olímpicos da excelência, amizade e respeito sem quaisquer manifestações de discriminação”.

O esquiador grego Ioannis Antoniou foi o primeiro a transportar a tocha, que, como é tradição, vai fazer um percurso inicial pela Grécia, antes de ser entregue aos responsáveis russos, no dia 5 de outubro, no Estádio Panathinaikos, em Atenas.

A chama vai percorrer 65.000 quilómetros por território russo, o mais longo percurso em Jogos de Inverno, passando pelas 83 regiões do país, e será transportada por mais de 14.000 pessoas.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais