Telma Monteiro conquistou, esta tarde, em Montpellier, a sua 10ª medalha em Campeonatos da Europa de Judo em outras tantas participações. Um registo impressionante da judoca nacional, nunca antes conseguido por qualquer judoca português.

A sua prova na cidade do sul de França, na categoria de -57kg, começou da melhor forma, com uma vitória sobre a suíça Emilie Amaron, por Ippon, em apenas 14 segundos. Seria, porém, no combate seguinte que Telma ficaria arredada da luta pelo ouro, ao perder também por Ippon, com a austríaca Sabrina Filzmoser, ao cabo de 2m32. Uma judoca que subiria, como Telma Monteiro, ao terceiro lugar do pódio no final.

De fora da luta pelo lugar mais alto do pódio, a judoca nacional não baixou os braços e no combate de repescagem, impôs-se por Yuko, ganhando acesso ao último combate, onde estaria em causa a medalha de bronze.

Pela frente, a romena Oana Corina Caprioriu, que havia perdido na semi-final com a favorita, a francesa Automne Pavia, que viria a tornar-se campeã da Europa. Telma Monteiro entrou muito forte no combate e em menos de um minuto fez um Wasari (que inicialmente tinha sido considerado Ippon). Com a judoca romena ainda à procura de se recompor do movimento imposto por Telma, a atleta olímpica portuguesa, e porta-estandarte em Londres 2012, desferiu novo e mortífero ataque, somando mais um wasari e consequente Ippon.

Nas suas dez presenças em Europeus, Telma Monteiro conquistou quatro medalhas de ouro, uma de prata e quatro de bronze. Telma repete assim o terceiro lugar de há um ano, em Budapeste, tendo o seu último título europeu sido alcançado em Chelyabinsk em 2012.

Em prova esteve também a olímpica Joana Ramos, na categoria de -52kg, mas uma derrota no primeiro combate, frente à espanhola Laura Gomez Ropinon, por Ippon, atirou-a para fora da competição.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais