A conferência “Saúde e Atividade Física na Escola, na Prática Desportiva e nas Forças Armadas”, organizada pelo Comité Olímpico de Portugal e pelo Núcleo Impulsionador das Conferências da Cooperativa Militar, com o apoio da  Fundação Calouste Gulbenkian e do Panathlon Clube de Lisboa, mobilizou esta sexta-feira uma numerosa audiência interessada em debater os temas apresentados por Monge da Silva, Joaquim Cardoso, João Paulo Almeida e Carlos Neto.

A cerimónia de abertura contou com as presenças do Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, do Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, do coordenador da conferência, Rodolfo Begonha, de Mário Almeida, Presidente do Panathlon Clube de Lisboa, e de Taborda e Silva, Presidente do Núcleo Impulsionador das Conferências da Cooperativa Militar.

“A Saúde no Percurso da Educação Física, da Ginástica e do Desporto. Uma perspetiva histórica” deu título à primeira comunicação, a cargo de Monge da Silva.

O Coronel médico Joaquim Cardoso falou sobre “A Saúde e o Treino Militar – Situação atual e perspetivas de evolução”.

“A Saúde e o Desporto – Situação atual e perspetivas de evolução” foi tema para a apresentação de João Paulo Almeida, que teve incidência sobre a questão das mudanças genéticas e das implicações éticas que comportam.

A finalizar o programa, Carlos Neto, docente da Faculdade de Motricidade Humana, refletiu sobre “A Saúde e a Educação Física – Situação atual e perspetivas de evolução”. “Toda a educação é educação física” foi o mote para a uma comunicação que abordou o papel da escola, “envelhecida”, na educação dos nativos digitais.

Vítor Pataco, Presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, encerrou a conferência.

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais