A campeã olímpica e Vice-Presidente do COP, Rosa Mota, transportou hoje entre as cidades gregas de Maratona e Atenas, a Tocha Olímpica dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no percurso rumo à cidade que acolhe a XXXI edição dos Jogos. Após a Tocha ter sido acesa na semana passada na antiga cidade de Olímpia, hoje chegou ao berço do olimpismo moderno, Atenas, a capital helénica onde Rosa Mota venceu a sua primeira maratona, na prova que marcava a sua estreia na distância, nos Europeus de 1982.

Da Grécia, a tocha segue para a sede do Comité Olímpico Internacional (COI), em Lausanne, na Suíça. A chegada ao Brasil está marcada para dia 3 de maio, com início do percurso em Brasília. A chama percorre 328 cidades de todos os Estados até alcançar o Rio de Janeiro, sede dos Jogos Olímpicos 2016. Cada um dos 12 mil condutores percorre 250 metros com a tocha num total de 20 mil quilómetros por terra.

A embaixadora do projeto Save The Dream transportou a Tocha depois de ao longo dos últimos dias ter procurado promover os valores do desporto na sociedade  em workshops e atividades promovidas na 3ª edição da International School Sport Federation (ISF) World School Educational Games.

No âmbito da sua participação neste evento, Rosa Mota referiu: “Como embaixadora Save The Dream, estou muito feliz por regressar a Maratona e de poder promover estes Jogos Educacionais e de inspirar jovens através dos valores do desporto. Este local é especial e teve um grande impacto na minha vida e fez de mim a pessoa que sou hoje. Regressar aqui para transportar a tocha olímpica fez-me reviver muitas memórias felizes”.

Rosa Mota acrescentou ainda: “Como atleta, correr a maratona é a minha vida e por isso sinto-me muito honrada por trabalhar ao lado da ISF novamente e de poder partilhar valores importantes que o desporto permite ensinar aos estudantes de todo o mundo. Hoje foi importante para relembrar como o desporto pode unir e inspirar, assim como promover o papel vital que pode desempenhar na promoção da paz e harmonia na sociedade”.

As últimas semanas foram particularmente preenchidas para o projeto Save the Dream, onde se inclui o tocar do sino de encerramento da sessão diária no Mercado de Valores Nasdaq como forma de assinalar o Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e Paz e a semana Save the Dream, que foi patrocinada pelas Qatar Airways e Qatar Chamber.

Pedro Velazquez, Diretor de Inovação Social e Capacitação da Save The Dream, concluiu: “na Save The Dream acreditamos que é fundamental que os nossos embaixadores incorporem o espírito que este projeto representa. Enquanto atleta icónica, a Rosa Mota já inspirou muitos jovens em todo o mundo a enveredar pelo desporto graças aos seus tremendos feitos na maratona”.

“Este ano a Save The Dream continua a acentuar o seu compromisso com a promoção da paz pelos valores do desporto e os ISF World School Educational Games  garantem uma oportunidade única para este projeto chegar e educar jovens”.

 

Sobre o Save The Dream

É uma iniciativa do International Centre for Sport Security (ICSS) e do Comité Olímpico do Qatar, e conta com o apoio do parceiro tecnológico Ooredoo. Trabalhando ao lado de organizações de áreas como o desporto, cultura, media, tecnologia e social, este projeto visa capacitar os mais jovens através dos valores do desporto, enquanto promove diálogo inter-cultural e inovação social.

Para mais informação consultar www.save-the-dream.org

 

 

Artigos Relacionados