O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou esta segunda-feira que os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 serão realizados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, após reunião com o Comité Organizador e o Governo do Japão, entre outras autoridades.

Os Jogos Olímpicos começam e acabam um dia mais cedo relativamente às datas encontradas inicialmente para o verão de 2020 (24 de julho-9 de agosto), e mantêm a Cerimónia de Abertura a uma sexta-feira e a Cerimónia de Encerramento a um domingo.

Eis o comunicado do COI publicado no seu site:

“O Comité Olímpico Internacional, o Comité Paralímpico Internacional, o Comité Organizador de Tóquio 2020, o Governo Metropolitano de Tóquio e o Governo do Japão acordaram hoje novas datas para os Jogos da XXXIII Olimpíada em 2021. Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 serão realizados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. Também foram acordadas novas datas para os Jogos Paralímpicos, que serão celebrados de 24 de agosto a 5 de setembro.

As lideranças das partes envolvidas reuniram-se via conferência telefónica hoje, estando presentes o presidente do COI, Thomas Bach, o presidente de Tóquio 2020, Yoshiro Mori, o governador de Tóquio, Yuriko Koike, e o ministro olímpico e paralímpico, Seiko Hashimoto, tendo acordado um novo cronograma.

Esta decisão foi tomada com base em três considerações principais e em consonância com os princípios estabelecidos pelo Conselho Executivo do COI, em 17 de março de 2020 e confirmados na reunião de hoje. Estes foram apoiados por todas as Federações Desportivas Olímpicas Internacionais de verão e todos os Comités Olímpicos Nacionais:

1. Proteger a saúde dos atletas e de todos os envolvidos, e apoiar a contenção do vírus COVID-19.

2. Proteger os interesses dos atletas e do desporto olímpico.

3. O calendário desportivo internacional.

Estas novas datas dão às autoridades de saúde e a todos os envolvidos na organização dos Jogos o tempo máximo para lidar com o cenário em constante mudança e com as perturbações causadas pela pandemia da COVID-19. As novas datas, exatamente um ano após as originalmente planeadas para 2020 (Jogos Olímpicos: 24 de julho a 9 de agosto de 2020 e Jogos Paraolímpicos: 25 de agosto a 6 de setembro de 2020), também têm o benefício adicional de que qualquer interrupção que o adiamento cause ao calendário desportivo internacional pode ser reduzido ao mínimo, no interesse dos atletas e das Federações Internacionais. Além disso, dão tempo suficiente para concluir o processo de qualificação. As mesmas medidas de mitigação do calor planeadas para 2020 serão implementadas.

Numa teleconferência realizada na terça-feira, 24 de março de 2020, com base nas informações fornecidas pela Organização Mundial de Saúde, o presidente do COI, Thomas Bach, e o Primeiro-Ministro japonês Shinzō Abe concluíram que os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 seriam realizados o mais tardar no verão de 2021. O Primeiro-Ministro reiterou que o governo do Japão está pronto para cumprir a sua responsabilidade de sediar estes Jogos com sucesso. Em simultâneo, o presidente do COI, Thomas Bach, enfatizou o compromisso total do COI com os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.”

 

 

Patrocinadores/Parceiros Nacionais