Joana Ramos conquistou a Medalha de Prata no Grand Prix de Zagreb, que decorre de 12 a 14 de setembro, no Dom Sportova Sport Hall. A judoca portuguesa alcança a terceira Medalha de Prata em eventos Grand Prix, depois de ter conquistado em Dusseldorf e Moscovo, no ano de 2010.

Com uma prova marcada pela qualidade da atleta nacional, Joana Ramos apresentou um excelente Judo numa categoria que contou  com 27 inscritas. Este é mais um grande feito na carreira da judoca portuguesa, que junta mais uma Medalha a um palmarés muito bem recheado de grandes conquistas. Joana Ramos fez uma excelente competição, dando reais mostras do seu valor e prometendo novas conquistas num futuro próximo.

Na Final, Joana Ramos enfrentou a francesa Annabelle Euranie e num combate muito disputado, onde o equilíbrio foi a nota dominante, este decidiu-se em pormenores e beneficiou a atleta francesa, que num ataque conseguiu imobilizar a judoca portuguesa, pontuando por Ippon e afastando a judoca nacional do Ouro.

Durante as eliminatórias, a atleta portuguesa não deu a mínima hipótese ás suas adversárias, vencendo todos os seus encontros de uma forma clara, impondo a sua enorme qualidade em todos os combates. Na primeira eliminatória, defrontou a ucraniana Mariia Buiok e venceu por Wazari, qualificando-se para a segunda ronda. No segundo encontro enfrentou a israelita Roni Schwartz, dominando desde o início do combate, a judoca portuguesa venceu por Wazari e Yuko a sua adversária.

Nos Quartos-de-Final teve pela frente a italiana Odette Giuffrida, obtendo bem cedo a vantagem no combate, com um ataque que deu Wazari, controlou as poucas investidas da sua adversária, pontuando mais uma vez com Yuko e alcançando o lugar nas Meias-Finais. No combate que decidia a passagem á Final, Joana Ramos não deixou que o combate se prolongasse e adquiriu vantagem logo aos 13 segundos com Yuko, que viria a aumentar para Ippon passado um minuto, vencendo a sua adversária, a belga Ilse Heylen e qualificando-se para a Final.

No segundo dia, Portugal apresenta cinco representantes nos tatamis croatas, Ana Cachola é a única atleta feminina do dia, na categoria de -63 Kg e defronta a americana Hannah Martin na segunda ronda. André Alves e Jorge Fernandes competem na categoria de -73 Kg e defrontam na ronda inicial, o húngaro Miklos Ungvari e o ganês Emmanuel Nartey, respetivamente. Diogo Lima e Carlos Luz são os judocas mais pesados do dia, competindo na categoria de -81 Kg. Diogo Lima enfrenta o bósnio Stefan Siljegovic e Carlos Luz tem o seu encontro marcado com o brasileiro Felipe Costa.

Os combates iniciam-se ás 10h00 locais (9h00 em Portugal).

TEXTO: Federação Portuguesa de Judo/Ana Lima

Patrocinadores/Parceiros Nacionais