Portugal venceu hoje, dia 9, a sua segunda medalha na 28ª edição da Universíada de Verão. Desta vez é de prata e na categoria -57kg em Taekwondo. Esta é também a primeira vez que o país é medalhado nesta modalidade nas Universíadas.

“Estou muito feliz com o resultado. Combate a combate fui melhorando o meu jogo, ficando mais focada e concentrada e creio que foi isso que me levou até à final. Foi um dia maravilhoso sem dúvida, quero agradecer a todos os presentes pelo apoio e pelos que foram acompanhado de Portugal”, exalta Joana Cunha.

No pavilhão, Joana Cunha disputava o último combate depois de ter vencido as quatro adversárias anteriores. O primeiro confronto deu-se frente à sérvia Radmilovic (3-1), seguida da australiana Frayne, onde conquistou os três pontos da vitória logo na primeira ronda.

Nos quartos-de-final, Joana encontrou-se com uma adversária já conhecida e com quem tinha perdido no mundial. Mas esta prova tinha um destino diferente e Joana dominou a húngara Edina Kotsis. Com o resultado de 6-1, carimbou a passagem para as meias-finais, onde voltou a defrontar uma cara familiar. Com um historial de quatro vitórias sobre a portuguesa, uma delas nos I Jogos Europeus, em Baku, a sueca Nikita Glasnovic deu luta. Novamente, Joana Cunha foi superior e, com uma vantagem menor (3-2), voltou a vencer, deixando o bronze de parte e ambicionando agora o ouro.

No combate final, a atleta do país anfitrião, Sohee Kim, foi mais forte e venceu a prova por 6-0. Joana Cunha venceu assim a medalha de prata, segunda de Portugal nesta edição das Universíadas e a primeira nesta modalidade naquele que é o maior evento do desporto universitário.

Ainda no Taekwondo, Nuno Costa competiu na categoria de -68kg. Dominou o primeiro combate e venceu Juan Cipriano, das Filipinas, por 13-1, apurando-se para a ronda seguinte. Com uma vantagem de seis pontos, o russo Minin impediu o português de passar à próxima fase, terminando assim a prova em 17º lugar.

 

TEXTO: Federação Académica do Desporto Universitário

Patrocinadores/Parceiros Nacionais