O Projeto esperanças Olímpicas pretende responder às necessidades dos praticantes que se encontrem em preparação para os Jogos Olímpicos de 2024.

Para o efeito, e de acordo com a metodologia seguida no Projeto Tóquio 2020, pretende-se aferir os resultados destes praticantes de acordo com uma Grelha de Integração por modalidade.

O Projeto Esperanças Olímpicas estrutura-se em 3 níveis (1, 2 e 3) para as modalidades individuais e em dois níveis para as coletivas (A e B).
O financiamento, por via das integrações, é atribuído às Federações, não existindo verbas a atribuir a título de Bolsas de Praticantes ou de Treinadores.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais