Sara Carmo

Data de Nascimento:  12-10-1986

Modalidade:  Vela

Disciplina:  Laser Radial

Presenças em Jogos:  Londres 2012 | Rio de Janeiro 2016

Bio

É arquiteta de profissão e já esteve presente em dois jogos olímpicos na modalidade de vela, na categoria singular feminino.

Ao longo da sua carreira desportiva sempre conciliou a sua vida académica. Concluído o seu mestrado integrado 6 meses após ter participado no Jogos Olímpicos de Londres 2012 e defende que nada é impossível com método e disciplina.

É aluna do curso de doutoramento da Faculdade de Arquitetura, com o tema “A produção de energia eólica através do revestimento do edifício”. Acredita no conhecimento como um todo e na ligação de diferentes áreas como forma de gerar novo saber.

Fundou a Associação Sumos Sobre Rodas, de caris social, que visa a integração de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Tendo-lhe sido atribuído o 1º prémio, pela Fundação Calouste Gulbenkian, no concurso de ideias FAZ-IOP 2014.

Fez o curso de formação de formadores e sempre que pode dá palestras e transmite a sua experiência tanto em terra, em empresas e/ou conferencias, como no mar, em treinos e/ou regatas.

É licenciada pela Faculdade de Arquitetura, da Universidade Técnica de Lisboa, com a tese de mestrado integrado valorizada em 16 valores, com o tema “A reabilitação do mercado do Bairro Padre Cruz como forma de regeneração da zona”. Atualmente exerce funções como arquiteta na Câmara Municipal de Cascais e desenvolve projetos de autoria de arquitetura fora do concelho.

Para além das duas presenças nos Jogos Olímpicos, obtém 7 títulos de campeã nacional e inúmeras representações internacionais em diversos pontos do mundo, como Japão, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia, entre outros.

FacebookTwitter

Sinopse

Sabe como trabalhar numa equipa multidisciplinar? Consegue trabalhar em equipa e potenciar o melhor que há em si? Através da partilha de algumas estórias da sua experiência de vida e de atividades divertidas, Sara deixa 5 ideias que farão de si a peça xeque-mate. Sabe definir a sua função? Sabe potenciar um grupo? Sabe ser bom naquilo que faz? Nesta palestra serão dadas diretrizes para que cada participante identifique o seu potencial e se motive para pô-lo em prática. Porque a individualidade tem que ser agrupada!

Multimédia