João Rodrigues

Data de Nascimento:  02-11-1971

Modalidade:  Vela

Presenças em Jogos:  Barcelona 1992 | Atlanta 1996 | Sydney 2000 | Atenas 2004 | Pequim 2008

Bio

João Filipe Gaspar Rodrigues nasceu a 2 de Novembro de 1971, na freguesia do monte, concelho do Funchal. Frequentou o ensino público regional até ingressar no Instituto Superior Técnico, em 1989. Terminou a licenciatura em engenharia mecânica em 1996.

Enquanto bolseiro da Empresa de Electricidade da Madeira, integrou os seus quadros no ano em que terminou os seus estudos académicos. Mais tarde, foi requisitado pelo Instituto do Desporto da RAM, ingressando no Gabinete de Estudos e Projectos.

Foi colaborador técnico nas empresas R.P. Consultores de Engenharia e Quinta do Lorde S.A.

Esteve envolvido, de 2012 a 2015, num projecto da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, que visava promover os desportos de natureza na Região.
É autor de dois livros autobiográfico, “Crónicas de um Velejador” de 2008 (Funchal 500 Anos) e “Vagabundo dos Mares” de 2013 (Chiado Editora).

Paralelamente, desenvolveu uma carreira desportiva, que internacionalizou-se em 1987. Conta com sete presenças em Jogos Olímpicos, de Barcelona 1992 a Rio de Janeiro 2016, seis títulos Europeus e três mundiais em diversas classes de windsurf, em 155 internacionalizações. Em Tóquio 2020, será adido Olímpico da Missão de Portugal.

É embaixador das Estações Náuticas de Portugal e do Programa Nacional para a Ética no Desporto.

Foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem de Mérito, por sua Excelência, o Presidente da República, em 2018.

Desde 2017, é o Presidente da Comissão de Atletas Olímpicos e desde 2018 coordenador do Programa de Literacia e Cultura Marítima da Secretaria Regional de Educação da Região Autónoma da Madeira.

Vive na Madeira, ao pé do mar, onde costuma ir diariamente.

FacebookTwitter

Sinopse

Qual o segredo para conseguir estar ao mais alto nível durante 28 anos seguidos, com sete presenças consecutivas em Jogos Olímpicos? Quem o acompanhou ao longo deste trajecto e que influencia teve na sua performance desportiva? Numa palestra que percorre uma vida dedicada a um projecto desportivo, são dadas pistas de como viver uma vida plena de significado e onde a palavra sacrifício, sempre associada ao desporto de alto rendimento, não faz parte nem sentido. Descubra a companheira improvável de um atleta Olímpico, provavelmente a sua também.

Multimédia