O Diretor-geral do Comité Olímpico de Portugal (COP), João Paulo Almeida, sublinhou esta quarta-feira a importância de enfrentar o fenómeno da manipulação de competições desportivas de “forma global” e não como um problema exclusivo das organizações desportivas.

A participar no painel MONEY TALKS: MATCH-FIXING & CRIMINAL INFILTRATION IN SPORT, integrado na Sport Integrity Week, organizada pela Sport Integrity Global Alliance (SIGA), João Paulo Almeida alertou para a necessidade de “trabalhar com as autoridades criminais” para poder travar um problema em expansão, comparável ao doping.

O trabalho de “consciencialização dos atletas” para a manipulação de competições continua a ser prioritário e João Paulo Almeida citou o tenista argentino Nicolas Kicker, suspenso por ter entrado num esquema de jogos combinados e que aceitou dar testemunho desse caso num vídeo da Tennis Integrity Unit, como um exemplo simbólico poderoso na luta contra este flagelo.

O Diretor-geral do COP alertou ainda para a diferença de entendimento que existe no tratamento entre doping e manipulação de competições. “A Convenção Antidoping da UNESCO foi adotada por uma larga maioria de estados” (189), ao passo que a Convenção sobre Manipulação de Competições Desportivas do Conselho da Europa teve uma adesão reduzida, estando Portugal entre os sete países que a ratificaram até agora. Ainda assim, o nosso país continua sem ter ativa uma plataforma que agregue instâncias criminais, policiais e desportivas, prevista no documento, para enfrentar a manipulação de competições, sublinhou João Paulo Almeida

Quinta-feira, 10 de setembro, o COP, através de João Paulo Almeida, volta a participar na Sport Integrity Week, no painel INTEGRITY REPUTATION: GETTING A COMPETITIVE ADVANTAGE IN SPORT, às 10h30.

Finalmente, na sexta-feira, 11 de setembro, também às 10h30, o Diretor-geral do COP moderará o painel “O ABUSO E A PROTEÇÃO DE MENORES NO DESPORTO”, no qual participam Joana Alexandre (ISCTE), Bruno Avelar Rosa (Qantara Sports), Cristina Matos Almeida (IPDJ) e Miguel Nery (FMH).

 

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais