Portugal foi aceite como membro de pleno direito no seio do Comité Internacional dos Jogos Mediterrâneos (CIJM).

A Assembleia Geral do CIJM, reunida esta sexta-feira em Tarragona (Espanha), aprovou a entrada de Portugal no seio da organização, permitindo que possa desde já participar integralmente nos Jogos Mediterrâneos a realizar no próximo ano naquela cidade espanhola, envolvendo cerca de 4000 atletas, em 31 modalidades, em representação de 26 países. O Comité Olímpico de Portugal (COP) esteve representado na Assembleia Geral pelo Presidente, José Manuel Constantino, pelo Secretário-Geral, José Manuel Araújo, e pelo Diretor-Geral, João Paulo Almeida.

Conclui-se assim um processo de mais de duas décadas em que o COP tentou esta integração.

O papel do CIJM é o de promover o Desporto e o Olimpismo, e os ideais e os valores de que são portadores, nos países da bacia ou de influência mediterrânea.

Consulte em baixo a fundamentação da candidatura portuguesa.

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais