tiro-arco
Tiro com arco é um desporto verdadeiramente histórico – um concurso da mente e controlo do corpo, bem como a precisão – e tem raízes que remontam a tempos antigos sendo usado como arma de caça e/ou guerra. Nos Jogos Olímpicos os atletas atiram a um alvo, medindo apenas 122 cm a 70 metros de distância. Para alcançar as marcas máximas devem atingir o centro que mede apenas 12,2 cm.
saiba mais em http://www.fpta.pt

O Tiro com Arco é um dos desportos mais antigos, perpetuando o uso do arco e da flecha, uma arma de guerra fundamental na Idade Media, perpetuado por Robin dos Bosques e seus sequazes. O equipamento atual nada tem a ver com os rudimentos do passado, mas o essencial da técnica mantem-se imutável.

O arco recurvo coberto por fibra de vidro e um equipamento standard e as flechas são feitas de alumínio e grafite, podendo atingir a velocidade de 240Km/h. No entanto, o que faz a diferença é a firmeza das mãos, a forca dos ombros, a flexibilidade muscular, a visão apurada e nervos de aço.

Nos Jogos Olímpicos, o Tiro com Arco teve dois períodos, primeiro entre 1900 e 1920 e apenas 50 anos depois, reaparecendo nos Jogos de Munique em definitivo.

Resultados

Ano Cidade Prova Atleta Resultado Obs.
2019Minsk CompoundRui Baptista16º
1984Los AngelesRecurve IndividualRui Santos51º lugarEm 62 participantes
1988SeulRecurve IndividualAna de Sousa37º lugarEm 62 participantes
1988SeulRecurve IndividualCarlos Reis66º lugarEm 84 participantes
1988SeulRecurve IndividualRui Santos70º lugarEm 84 participantes
1992BarcelonaRecurve IndividualAna de Sousa23º lugarEm 61 participantes
1996AtlantaRecurve IndividualNuno Pombo58º lugarEm 64 participantes
2000SydneyRecurve IndividualNuno Pombo60º lugarEm 64 participantes
2008PequimRecurve IndividualNuno Pombo50º lugar ex-aequoEm 64 participantes

Patrocinadores/Parceiros Nacionais