A Comissão Executiva (CE) do Comité Olímpico Internacional (COI) propôs um novo guião estratégico, denominado Agenda Olímpica 2020 + 5, para a próxima Sessão do COI, que inclui 15 recomendações.

O novo guião segue a Agenda Olímpica 2020 e orientará o trabalho do COI e do Movimento Olímpico nos próximos cinco anos. A Agenda Olímpica 2020 + 5 será submetida aos Membros do COI para discussão e adoção na 137.ª Sessão do COI em março deste ano.

A Agenda Olímpica 2020 + 5 baseia-se nos resultados da Agenda Olímpica 2020 que, desde a sua adoção em dezembro de 2014, visou fortalecer o COI e o Movimento Olímpico, ao introduzir mudanças destinadas a tornar os Jogos Olímpicos adequados aos desafios de futuro; quis salvaguardar os valores olímpicos; e fortalecer o papel do desporto na sociedade.

As 15 recomendações que compõem a Agenda Olímpica 2020 + 5 baseiam-se nas principais tendências identificadas como potencialmente decisivas no mundo pós-coronavírus, sendo também áreas onde o desporto e os valores do Olimpismo podem desempenhar um papel fundamental para transformar desafios em oportunidades.

Segundo, o COI, as principais tendências incluem:
– a necessidade de uma maior solidariedade dentro e entre as sociedades;
– o crescimento da digitalização, embora tendo em mente a necessidade de expandir a capacidade digital a quem tem carências nessa área;
– a urgência de alcançar um desenvolvimento sustentável;
– a crescente demanda pela credibilidade, tanto de organizações como de instituições; e
– a necessidade de construir resiliência face às consequências financeiras e económicas que resultarão da pandemia COVID-19 e que influenciarão a definição de prioridades entre governos e empresas.

As 15 recomendações, que foram inspiradas nestas tendências, são:
– Fortalecer a singularidade e universalidade dos Jogos Olímpicos
– Promover Jogos Olímpicos sustentáveis
– Reforçar os direitos e responsabilidades dos atletas
– Continuar a atrair os melhores atletas
– Fortalecer ainda mais o desporto seguro e a proteção de atletas limpos
– Melhorar e promover o Caminho até aos Jogos Olímpicos
– Coordenar a harmonização do calendário desportivo
– Aumentar o envolvimento digital com as pessoas
– Incentivar o desenvolvimento de desportos virtuais e envolver ainda mais as comunidades dos videojogos
– Fortalecer o papel do desporto como uma alavanca importante para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU
– Fortalecer o apoio aos refugiados e populações afetadas pelas migrações
– Alcançar além da comunidade olímpica
– Continuar a liderar pelo exemplo em cidadania corporativa
– Fortalecer o Movimento Olímpico através da boa governança
– Inovar nos modelos de geração de receita

A CE do COI concluiu que 88 por cento das recomendações da Agenda 2020 já foram alcançadas, o que representa um ligeiro aumento em relação a dezembro, quando a CE determinou que esse valor estava nos 85 por cento.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais