O Plano de Atividades e o Orçamento do Comité Olímpico de Portugal (COP) para 2021 foram esta quarta-feira aprovados por unanimidade pela Assembleia Plenária, reunida em modo remoto.

Tal como foi explicado pelo presidente do COP, José Manuel Constantino, o Plano de Atividades e o Orçamento para 2021 estão centrados na organização das missões de Portugal aos Jogos Olímpicos de Tóquio, ao Festival Olímpico da Juventude Europeia de inverno Vuokatti 2021 e também aos Jogos Olímpicos de inverno Pequim 2022.

Este quadro decorre da prorrogação do mandato dos atuais corpos sociais do COP até março de 2022, devido ao adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

No período de informações da Assembleia Plenária, os representantes das Federações de Canoagem, Atletismo, Xadrez, Natação, Padel, Râguebi e da Comissão de Atletas Olímpicos expressaram as suas preocupações em relação ao estado do Desporto português em contexto de pandemia, apresentando algumas propostas de intervenção, entre as quais a realização de uma nova Cimeira das Federações Desportivas, sob a égide do COP, do Comité Paralímpico de Portugal e da Confederação do Desporto de Portugal, de modo a marcar nova posição comum junto do Governo.

(notícia atualizada)

Patrocinadores/Parceiros Nacionais