A Academia Olímpica de Portugal irá organizar na próxima semana, de 19 a 22 de maio, o XVI Congresso da Associação Panibérica de Academias Olímpicas, que decorrerá no Clube Naval de Cascais. Esta é a primeira vez que Portugal recebe a organização deste importante evento no seio do Movimento Olímpico luso espanhol.

A sessão de abertura decorrerá na segunda-feira, 19 de maio, pelas 09:30 e contará com a presença do Presidente da Academia Olímpica Internacional, o grego Kostas Giordiadis, dos Presidentes dos Comité Olímpicos de Portugal e Espanha, José Manuel Constantino e Alejandro Blanco, bem como do Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, entre outros representantes das 18 Academias Olímpicas presentes.

A sessão de abertura, bem como a sessão de encerramento a realizar no dia 21 de maio, pelas 18:30, será aberta à Comunicação Social.

Ao longo de três dias, serão várias as intervenções das Academias Olímpicas presentes, dando a conhecer as diversas iniciativas desenvolvidas no âmbito da promoção e educação dos valores olímpicos nos respetivos países, com destaque para a do presidente da APAO, Conrado Durántez, para além de receções no Museu do Desporto, pelo Presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, Augusto Baganha, no Comité Olímpico de Portugal, e na Câmara Municipal de Cascais.

A APAO atingiu em 2006 o seu número máximo de academias associadas, mantendo-se na atualidade com 27 academias, nomeadamente: Andorra, Angola, Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, México, Moçambique, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Portugal, Perú, Porto Rico, S. Tomé e Príncipe, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais