Balanço muito positivo da Delegação Portuguesa

Foi no esplendoroso cenário do Window of the Word que decorreu a Cerimónia de Encerramento da 26ª Universíada de Verão. Num cenário magnífico, foram recordados os melhores momentos e algumas das imagens que marcaram este grandioso evento desportivo.

Aquele que é o 2º maior evento multi-desportivo do mundo, contou a presença de 152 Nações num total de 12024 participantes divididos em 7954 atletas e 4070 oficiais. Com uma cobertura ao nível dos media impressionante, o evento contou com cerca de 3000 jornalistas oriundos de 47 países, além da transmissão de mais de 100 horas de directo no site da FISU.

A Delegação Portuguesa que esteve presente em Shenzhen, China, foi composta por 52 elementos, entre Atletas, Árbitros, Técnicos e Dirigentes. Portugal esteve representado nestas Universíadas em nove modalidades: Atletismo, Esgrima, Ginástica, Golfe, Judo, Natação, Taekwondo, Ténis de Mesa e Xadrez.

Com destaque para as duas medalhas de Ouro conquistadas (Nélson Évora – Triplo Salto e Alberto Paulo – 3000m barreiras) e para as duas medalhas de Prata (Patrícia Mamona – Triplo Salto e Sara Moreira 5000m) Portugal terminou na 26ª posição da classificação no total de 152 países. A China foi a grande vencedora com um total de 145 medalhas, sendo o restante pódio composto por Rússia e Coreia, com 132 e 79 medalhas respectivamente.

A chefia de delegação referiu um enorme orgulho em todos os elementos que representaram Portugal nestas Universíadas. Os atletas, treinadores, médicos e oficiais, todos, estão de parabéns por mais uma excelente demonstração do seu valor desportivo.

“As quatro medalhas, duas de ouro e duas de prata, foram a cereja no topo do bolo. De facto, atingimos a maioria dos objectivos a que nos propusemos desde o inicio desta missão. As metas analisadas e acordadas com todas as federações das modalidades presentes, foram globalmente, alcançadas”, referiu Duarte Lopes. O chefe da delegação portuguesa destacou ainda a classificação da equipa de Esgrima (espada) e João Ferreira (400mb) que ficaram em 4º lugar, Sergiu (Judo) e Rui Bragança (Taekwondo) que alcançaram a 5ª posição e ainda os atletas de Taekwondo, Nuno Costa e de Atletismo Jorge Paula (400mb) que foram igualmente merecedores de Diploma de Honra.

Outra nota de destaque pelo Chefe da Delegação, foi o salto acima dos 17 metros com que o Nelson renovou o título mundial, pois “foi uma marca que nos trouxe de volta o nosso campeão!” concluiu Duarte Lopes.

De referir que no último dia de competição, Portugal voltou a colocar um atleta entre os 8 melhores de uma prova. No Taekwondo, categoria -66kg, Nuno Costa conseguiu alcançar os quartos de final da competição. Até chegar aqui, o estudante da Universidade do Minho realizou dois excelentes combates tendo afastado em primeiro lugar o atleta da Noruega Lars Ness por uns claros 10-1. No segundo combate do dia, o atleta português levou a melhor sobre Mykhailovskyi da Ucrânia. Quando tudo parecia estar a correr bem ao jovem português, os últimos instantes do combate frente a Y Chu acabaram por ser fatais tendo Nuno Costa sido eliminado no último segundo. Contudo, esta eliminação não apaga a boa prova realizada pelo atleta, sendo um bom resultado terminar a prova entre os 8 melhores.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais