Telma Monteiro sagrou-se hoje vice-campeã do mundo pela quarta vez, nos Mundiais de judo, em Cheliabinsk, na Rússia, depois de perder na final da categoria -57kg com japonesa Nae Udaka.  A judoca de 28 anos já havia conquistado a medalha de Prata em outras três ocasiões: em 2007, ainda nos -52 kg, no Rio de Janeiro, e em 2009 (Roterdão) e 2010 (Tóquio). Com apenas 20 anos, em 2005, venceu o bronze, no Cairo.

A judoca lusa esteve próximo de se sagrar campeã do mundo, quando a 32 segundos do final, tinha vantagem pelo facto da sua adversária ter sofrido uma penalização (“shido”) por posição demasiado defensiva. Porém, também Telma sofreria nesses últimos segundos do combate uma penalização levando o combate para o ponto de ouro. Num combate muito equilibrado, acabou por ser uma penalização a Telma, por agarrar a perna da adversária, a deitar tudo a perder, com o júri a considerar motivo para desqualificação. Esta foi a segunda vez que Telma Monteiro defrontou Nae Udaka (13.ª do Mundo), depois de se terem encontrado em 2009 na final do Grand Slam do Rio de Janeiro, com vitória da portuguesa.

Telma Monteiro, 11ª do Ranking Mundial, venceu o primeiro combate por ippon, em pouco mais de 20 segundos, contra uma adversária do Kazaquistão, derrotando de seguida a norte-americana Marti Malloy, número 3 do mundo, vingando a eliminação de Londres 2012. A judoca portuguesa impôs-se com um yuko.

No terceiro combate, Telma Monteiro levou a melhor sobre a suíça Fabienne Kocher, em 39 segundos, com um ippon depois de um waza-ari inicial. Nas meias-finais, Telma venceu por ippon a judoca da Mongólia, Sumiya Dorjsuren, número 7 do ranking mundial.

No seu currículo Telma Monteiro soma agora cinco medalhas em Campeonatos do Mundo, para além de dez medalhas em Europeus em outras tantas participações, quatro delas de ouro, tendo sido a última medalha em Europeus conquistada em abril último, de Bronze.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais