Um grandioso concerto de música britânica encerrou ontem os Jogos Olímpicos de Londres 2012, abrindo assim as portas aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

A anunciada sinfonia de música britânica começou com uma homenagem ao Reino Unido e à sua “Rush Hour”, com o Estádio Olímpico transformado nas ruas de Londres em plena hora de ponta. Foram vários os carros e camiões que circularam pelo Estádio Olímpico, decorados com vários excertos da literatura britânica impressos em papel de jornal.

Com o Big Ben e London Eye representados no centro do estádio começou a grandiosa parada musical, com os maiores nomes da música britânica dos últimos 50 anos a fazerem questão de marcar presença. Nomes como George Michael, Spice Girls, Pet Shop Boys, One Direction, Kaiser Chiefes, Fatboy Slim, Jessie J, ou até mesmo as lendas John Lennon  Freddy Mercury, entre outros, passaram pelo Estádio Olímpico num grandioso concerto que brindou as 80.000 pessoas presentes no estádio com grandes clássicos e hits actuais da musica mundial.

Ao som de “Parade of Athletes” entraram os atletas olímpicos com o canoísta Fernando Pimenta a ser o porta-estandarte luso. Desta feita e ao contrário da Cerimónia de Abertura não se destacaram as comitivas mas sim uma nação de atletas que entraram no estádio com o sentimento de dever cumprido.

Na Cerimónia de Encerramento houve também lugar à homenagem à moda britânica quando algumas das mais famosas modelos britânicas de sempre, entre elas Kate Moss e Naomi Campbell, entraram no Estádio Olímpico em camiões e ao som da música Fashion de David Bowie.

No final da cerimónia tempo para o passado, presente e futuro se juntarem. Houve-se o Hino da Grécia e o Hino Olímpico, antes de ser entoado o Hino do Brasil na passagem de testemunho do actual organizador para o futuro organizador dos Jogos Olímpicos. Ao som do samba, Marisa Monte e Pelé levantaram depois um pouco o véu do que serão os primeiros Jogos Olímpicos realizados num país de língua portuguesa.

Coube ao Presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, dar por encerrados os Jogos da XXX Olimpíada, com os Take That a cantarem “Rule The World”, enquanto a Chama Olímpica ia apagando e dando lugar a uma enorme Fénix que antecedeu os momentos finais protagonizados pelos The Who.

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais