Fernando Pimenta conseguiu conquistar mais uma medalha de prata! A sua segunda nos Jogos Europeus Baku 2015 e a quarta medalha para Portugal em Baku! Depois de uma manhã recheada de finais com portugueses mas sem medalhas, Fernando Pimenta fechou em grande a participação da Canoagem nesta primeira edição dos Jogos Europeus, conquistando o segundo lugar em K1 5000m.

E mais uma vez lutou pelo ouro com o alemão Max Hoff e novamente o canoísta acabou por levar a melhor. Foi assim em K1 1000m e repetiu-se hoje nos 5.000m. Foi uma luta ao milímetro até aos metros finais, quando o melhor canoísta da atualidade impôs o seu ritmo, beneficiando também de maior frescura física, dado que o atleta de Ponte de Lima já havia competido de manhã bem cedo na final de K4 1000m.

Pimenta e Hoff isolaram-se a três voltas do fim alcançando um avanço que não deixava dúvidas sobre a conquista da medalha. O canoísta de Ponte de Lima acabou com o tempo de 20:11.989, cerca de mais dez segundos que o alemão. Foi mais uma grande prestação de Fernando Pimenta que assim sai do Azerbaijão com duas medalhas de prata.

No final da prova, Fernando Pimenta estava tremendamente satisfeito. “É fantástico sair daqui com duas medalhas. Claro que quero sempre mais mas não fiz grande preparação para estes Jogos pois o grande objetivo é o apuramento olímpico que será em agosto, no Mundial. Sentia-me desgastado da final de K4, sem muita energia, mas consegui ir no grupo da frente e quando vi os restantes competidores a ficar para trás acreditei. O alemão está noutro patamar ainda mas vou lá chegar!”.

Com as suas duas pratas, Portugal elevou para cinco o medalheiro no Azerbaijão, pois João Silva teve o mesmo metal no triatlo, o ténis de mesa foi ouro por equipas, com Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo, e Rui Bragança está apurado para a final de -58kg no Taekwondo.

 

Finais sem medalhas em Mingachevir

Este último dia de provas foi recheado de finais para Portugal, nada menos que quatro finais A e uma final B, para além da final direta do K1 5000m onde Pimenta conquistou a sua segunda prata. No K4 1.000, Fernando Pimenta, João Ribeiro, Emanuel Silva e David Fernandes terminaram em 5º lugar, devido a um arranque algo lento. Acabaram por recuperar e impor um ritmo forte mas não chegou para alcançar o pódio por 183 milésimos.

O mesmo aconteceu com Hélder Silva, em C1 200m. Conhecido por um forte arranque e final, o canoísta luso não conseguiu partir bem. Tentou recuperar no resto da prova, mas sendo os 200m, não houve tempo para conseguir chegar-se à frente, pelo que terminou em 5º.

Teresa Portela, no K1 500m, não esteve ao seu nível habitual, terminando em último. Nunca conseguiu entrar na corrida e ficou com algum atraso face às adversárias. Voltaria mais tarde à pista para vencer a final B dos 200m, que lhe valeu o 10º lugar na geral nesta prova.

A fechar, as olímpicas Joana Vasconcelos e Beatriz Gomes foram à final de K2 200m e ficaram em sexto lugar, ainda a nove décimas de segundo do bronze, numa corrida muito equilibrada.

Portugal fecha assim a sua participação na Canoagem com um balanço muito positivo, duas medalhas de prata em K1 1000m e K1 5000m, ambas conquistadas por Fernando Pimenta, às quais se juntam mais cinco finais A e uma final B. Sabendo-se que a seleção veio ao Azerbaijão sem estar no pico de forma, que se pretende alcançar em agosto, para os Mundiais da modalidade que apuram para os Jogos Olímpicos Rio 2016, a prestação foi, como tem sido hábito na Canoagem, de grande nível.

 

Lutas Amadoras despedem-se sem vitórias

A modalidade de Lutas Amadoras despediu-se esta manhã de Baku sem que nenhum dos seus atletas tenha conseguido uma vitória. Vânia Guerreiro (categoria -53kg) perdeu por assentamento com a ucraniana campeã da Europa de sub-23, Liliya Horishna, num combate em que começou a ganhar. O resultado estava em 4-1 a favor da ucraniana no momento do assentamento que atribuiu à adversária de Vânia um resultado final de 5-0.

Portugal teve cinco lutadores em Baku mas nenhum conseguiu saborear uma vitória. Recorde-se que apenas quatro competiram pois o luso-georgiano Zurab Bekauri não entrou em prova devido a um traumatismo no olho contraído no último treino em Baku.

 

Tiro com Armas de Caça entrou em prova

Hoje foi dia de arranque do Tiro com Armas de Caça, onde Portugal compete com Bruno Faria e João Azevedo na prova de Trap. Decorreu o primeiro dia de qualificações, que amanhã terá continuidade. João Azevedo foi o melhor dos dois atiradores lusos, ocupando o 21º lugar, com 71 tiros certeiros, enquanto Bruno Faria está na 25ª posição com menos um tiro certeiro, 70, ambos em 75 tentativas.

Amanhã regressam à competição, onde procurarão o acesso à próxima fase, de uma prova que amanhã terá a sua final.

 

Leila Oliveira eliminada

Leila Oliveira perdeu esta manhã por 3-4 com a húngara Dora Madarasz com os parciais de 6-11, 5-11, 4-11, 11-8, 11-9,11-6 e 7-11 na prova de Singulares Femininos de Ténis de Mesa.

Depois de ter entrado a perder por 3 sets a zero, a jovem mesatenista portuguesa elevou o seu jogo e causou muitos problemas à adversária magiar, conseguindo levar a partida para a negra, onde acabaria por perder.

Com esta derrota foi eliminada da prova de singulares femininos de Ténis de Mesa e está fora de competição depois de ter participado também na prova de equipas femininas com Fu Yu (entra em prova em singulares amanhã, às 8h de Portugal Continental, tendo como adversária a eslovaca Eva Odorova) e Ana Neves (não participa na prova de singulares tendo já encerrado a participação em Baku).

Artigos Relacionados

Morrer na praia
27.06.2015
Lisboa2Baku
10.04.2015
Lutas Amadoras
1.02.2014
Ténis de Mesa
1.02.2014
Canoagem
1.02.2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais