Rosa Mota recebe esta sexta-feira o Prémio Carreira da Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Distância (AIMS), em Atenas, Grécia, 35 anos depois de ali se ter sagrado campeã europeia, na primeira maratona feminina oficial de uma grande competição.

A campeã portuguesa é homenageada pelos membros da AIMS, que representam a organização de 435 corridas, em 114 países e territórios, na gala dos “Melhores Corredores da Maratona, pela sua carreira de sucesso, pontuada por 14 vitórias em 21 provas da distância dos 42,195km.

Tricampeã europeia da maratona, em Atenas 1982, Estugarda 1986 e Split 1990, Rosa Mota foi igualmente campeã do Mundo em Roma 1987, tendo alcançado a glória máxima com a conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul 1988, depois de quatro anos antes, em Los Angeles, ter ganho a medalha de bronze.

Ao longo da sua carreira, Rosa Mota ganhou também as maratonas de Roterdão, Chicago (duas vezes), Tóquio, Boston (três vezes), Osaka e Londres.

Esta é a segunda vez que a AIMS distingue a atual vice-presidente da Comissão Executiva do Comité Olímpico de Portugal, depois de em 2012 a ter considerado a Maratonista Mais Valiosa de Sempre.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais