Portugal garantiu, no Campeonato do Mundo de Classes Olímpicas ISAF que decorre em Santander, Espanha, até dia 21 de setembro duas vagas para os Jogos Olímpicos do Rio 2016, nas classes 49er e Laser, da modalidade de Vela.

Ao oitavo dia de mundial Jorge Lima/José Luís Costa asseguraram a vaga na classe 49er após conquistarem a presença na Medal Race, conseguida com o 5º lugar da geral à partida para a regata final. Nas duas regatas de hoje do grupo de ouro a tripulação portuguesa terminou no 6º e 5º lugares.

A conquista desta vaga vem no seguimento da vaga conquistada por Rui Silveira e Gustavo Lima na classe Laser no primeiro fim-de-semana da competição, 13 e 14 de setembro, naquela que foi a primeira vaga para Portugal nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Rui Silveira foi 19º e 3º nas duas regatas realizadas (a 3ª e 4ª da prova) e termina a fase de qualificação no 23º posto. Igualmente em destaque esteve Gustavo Lima que foi 3º e 12º e subiu ao 33º lugar da geral. Com estes resultados os dois velejadores nacionais cumpriram o objectivo de qualificar Portugal para o Rio 2016. Por seu turno, Eduardo Marques retirou-se na primeira do dia e foi 44º na segunda e ocupa o 123º posto e estará na frota de bronze.

De referir também que na classe RS:X o velejador seis vezes olímpico João Rodrigues terminou no 30º lugar, ficando em 19º dos lugares que garantiam vaga para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Apuravam para o Rio 2016 os primeiros dezoito classificados.

Os velejadores que irão ocupar as vagas serão determinados futuramente pela Federação Portuguesa de Vela.

Nos Jogos Olímpicos participam um velejador ou dupla por país e por classe, prevendo-se que no Rio 2016 marquem presença 380 velejadores que competem em 10 classes, para um total de 274 barcos.

No Campeonato do Mundo de Classes Olímpicas ISAF ficam apurados cinquenta por cento dos países, para uma quota de 138 barcos.