A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta segunda-feira (26), em Nova York, a observação da trégua Olímpica durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e a resolução “Desporto para o Desenvolvimento e a Paz: Construindo um Mundo mais Pacífico e Melhor através do Desporto e do Ideal Olímpico”, patrocinada por 180 dos 193 países da ONU. Como contribuição à trégua Olímpica, a proposta do Comité Organizador Rio 2016 é defender os direitos das crianças, com ações que foquem na proteção e na educação de meninos e meninas em todo o mundo.

A resolução sobre a Trégua Olímpica pede a paralisação dos conflitos no período de sete dias antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos (marcada para 5 de agosto de 2016) até sete dias depois da cerimónia de encerramento dos Jogos Paralímpicos (agendada para 18 de setembro de 2016). Nessa 70ª edição da Assembleia Geral da ONU, a Ucrânia absteve-se de assinar o documento, explicando que se sentiu forçada pela agressão da Rússia, que desrespeitou a trégua durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014.

 

Ler mais informação sobre a Trégua Olímpica no site dos Jogos Rio 2016 em: http://www.rio2016.com/noticias/noticias/180-paises-patrocinam-a-tregua-olimpica-do-rio-2016.

 

Artigos Relacionados

Rio 2016
2.12.2013