Durante a reunião que antecedeu os Jogos Olímpicos de Londres 2012, Carlos Nuzman, Presidente do Comité Olímpico Brasileiro, esteve acompanhado por 152 pessoas do staff da organização do Rio de Janeiro 2016 aos quais se juntaram 51 representantes dos vários níveis do governo. Todos eles se encontram em Londres como observadores de modo a absorverem todo o conhecimento britânico sobre a organização dos Jogos Olímpicos. Durante a sua intervenção, Carlos Nuzman deu os parabéns a Sebastian Coe e à sua equipa pelo trabalho e entrega aos Jogos de Londres 2012.

Obras em andamento

Durante a apresentação da organização do Rio 2016 foram apresentados os progressos feitos nas instalações que receberão os Jogos Olímpicos, tendo sido também anunciado em que zonas da cidade se localizarão, são elas Copacabana, Barra, Deodoro e Maracanã. Os locais de prova serão constituídos por uma mistura de novas instalações, instalações renovadas e instalações provisórias, tendo o trabalho sido iniciado na Aldeia e no Parque Olímpico.

Sistema de transportes

Estão também a avançar uma serie de melhoramentos noutras áreas, como é o caso do sistema de transportes (Bus Rapid Transit - BRT) que está já a tomar forma. O BRT Transoeste já está parcialmente aberto, com trabalhos em curso nos BRTs Transcarioca e Transolimpica, enquanto o BRT Transbrasil viu o seu financiamento a ser aprovado. A apresentação do Rio 2016 também destacou os planos para a área portuária do Rio de Janeiro, que está a ser reconstruída, e os avanços que estão a ser feitos no planeamento das necessidades de alojamento para os Jogos.

Oportunidade única

Após a apresentação da delegação da organização do Rio 2016, Nawal El Moutawakel, Presidente da Comissão de Coordenação do COI destacou a importância da experiência de Londres para o Rio 2016, “As observações detalhadas que a delegação Rio está a realizar durante os Jogos de Londres tem um valor inestimável. O balanço dos Jogos de Londres 2012 que será feito no Rio de Janeiro, em Novembro, será também uma oportunidade única para os organizadores do Rio 2016 reterem o máximo de informação que puderem dos Jogos actuais e testarem alguns dos seus pressupostos, o que será uma grande ajuda a nível operacional. “

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais