Cumprem-se hoje 107 anos da data em que Francisco Lázaro entrou em competição na maratona olímpica de Estocolmo e viria, poucas horas depois, a falecer na sequência de complicações resultantes das elevadas temperaturas que se faziam sentir. Foi a 15 de julho de 1912 que pela primeira vez um atleta morreu em competição nos Jogos Olímpicos.

A capital sueca recebia a quinta edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, naquela que foi a estreia de Portugal com uma delegação de seis atletas nas modalidades de atletismo, esgrima e luta greco-romana, marcada por este trágico evento.

O malogrado atleta sucumbiu ao quilómetro 29, sendo transportado para o hospital local onde viria a falecer horas mais tarde. A frase “Ou ganho ou morro”, que terá proferido antes de iniciar a prova, é símbolo da determinação e coragem com que terá encarado a competição e da tenacidade pela qual era conhecido como atleta.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais