O Comité Olímpico de Portugal institui anualmente, por ordem de mérito relativo, um número Prémios e Galardões. Cumprindo a tradição, estes foram entregues no Jantar Comemorativo do 103º Aniversário do COP, que teve lugar ontem, 29 de Novembro, no Museu de Marinha. Os prémios são:

Prémio Juventude, Prémio Fair-Play, Medalha de Mérito, Medalha Olímpica, Ordem Olímpica e o Prémio Especial COP.

Estes prémios e galardões destinam-se a reconhecer o mérito das pessoas singulares ou colectivas que a Comissão Executiva do COP, após submissão pelas diversas Federações Nacionais, delibere de acordo com as regras específicas para cada um.

 

Prémio Juventude

Trata-se de uma distinção que tem por objectivo premiar o atleta jovem de qualquer modalidade que mais se tenha evidenciado durante o ano.

Os atletas devem apresentar resultados desportivos de excelência e uma boa conciliação com as actividades escolares.

Premiado: Tomás Araújo (Artes Marciais Chinesas)

 

Prémio Fair-Play

Destina-se a premiar acções concretas de grande ética desportiva e constituir exemplos de lealdade, altruísmo ou abnegação. Este prémio pode ser atribuído a atletas, técnicos ou dirigentes de qualquer modalidade.

Premiada: Ana Hormigo (Judo)

 

Medalha de Mérito

Este Prémio, destina-se a galardoar desportistas que tenham prestado serviços relevantes ao Desporto Nacional ou ao Olimpismo. Esta medalha de mérito pode ser atribuída a atletas, técnicos ou dirigentes de qualquer modalidade.

Premiados: Alda Corte-Real (Ginástica) e Vítor Carvalho (C.P.C.C.R.D)

 

Medalha Olímpica

Esta categoria, destina-se a premiar o melhor atleta do ano. Neste sufrágio estão apenas contemplados atletas de modalidades olímpicas, devendo estes apresentar resultados desportivos de excelência e serem dotados de exemplar espírito desportivo.

Premiados: Emanuel Silva e Fernando Pimenta (Canoagem)

 

Ordem Olímpica

A Ordem Olímpica destina-se a premiar carreiras desportivas de elevado nível e reconhecimento público. A ordem Olímpica é atribuída a atletas, técnicos ou dirigentes, que tenham prestado serviços de grande relevo ao Desporto Nacional ou ao Olimpismo.

Premiado: Dr. Miguel Nobre Ferreira (Comissão Jurídica)

 

Troféu Olímpico

O Troféu Olímpico é um prémio que se atribui apenas de 4 em 4 anos, ou seja, uma vez em cada ciclo olímpico, destinando-se a homenagear pessoas colectivas, que tenham tido uma actividade de excepcional relevo no fomento e desenvolvimento da prática desportiva, particularmente no domínio das modalidades olímpicas.

Prémio não atribuído, foi atribuído em 2011.

 

Prémio Especial COP

Este ano foi igualmente atribuído o Prémio Especial COP, atribuído a João Rodrigues (Vela) por ter alcançado em Londres a sua sexta participação em Jogos Olímpicos, o que o torna o atleta português com mais participações na maior competição multidesportiva do mundo.

Premiado: João Rodrigues (Vela)

Patrocinadores/Parceiros Nacionais