Por ocasião da Sessão Comemorativa do 101º Aniversário do Comité Olímpico de Portugal (COP), entregou os Prémios e Galardões COP 2010: Prémio Juventude, Prémio Fair Play, Medalha de Mérito, Medalha Olímpica, Ordem Olímpica e Troféu Olímpico. Dos 54 candidatos, nas seis categorias, o COP entregou 19 distinções entre Prémios e Menções Honrosas.

Prémio Juventude

O primeiro galardão entregue foi o Prémio Juventude, destinado a premiar os atletas jovens de qualquer modalidade que mais se tenham distinguido durante o ano.

Os vencedores foram todos eles participantes nos 1ºs Jogos Olímpicos da Juventude que decorreram em Singapura: Ana Rodrigues (Natação: medalha de Bronze nos 50m bruços); Mário Silva (Taekwondo: medalha de Prata na categoria -63 kg); Miguel Fernandes (Triatlo: medalha de Ouro na prova de Triatlo Mista por Equipas) e Rafael Reis (Ciclismo: 1º lugar no contra-relógio e 2º lugar na prova de estrada; Não recebeu medalhas porque a classificação do ciclismo contava apenas para o País e foi o somatório das diversas especialidades).

Comprovando o enorme valor da juventude desportista nacional, realce ainda para mais cinco Menções Honrosas entregues:

– Sebastião Caixeiro Rodrigues (motonáutica) Campeão do Mundo da Fórmula Futuro – classe 5;
– Tomé Perdigão (remo) 5 títulos de Campeão Nacional;
– Nuno Saraiva (judo) Medalha de bronze no campeonato da Europa de Esperanças em 2010;
– Irina Rodrigues (atletismo – lançamento do disco) 2ª classificada no Ranking Mundial e 1ª classificada no ranking Europeu em 2010;
– Manuel Pereira (patinagem) Dupla Medalha de ouro no campeonato da Europa de cadetes e juvenis em figuras obrigatórias e Combinado;

Prémio Fair Play

A distinção seguinte laureia acções concretas de Fair Play de maior relevo praticadas ao longo do ano. Coube ao piloto de ralis Vítor Pascoal, recolher os louros do Prémio Fair Play. O Vice Campeão Nacional de Ralis 2009, destacou-se pela verdadeira postura de campeão que revelou quando, no decorrer da edição de 2010 do Rali Vinho Madeira, parou em pleno troço cronometrado para apagar o fogo que consumia o automóvel do seu principal adversário esta época. Vítor Pascoal não hesitou em fazê-lo ainda que tenha comprometido aí não só o seu resultado desportivo nessa competição mas tendo, naturalmente, reflexos directos no desenrolar da classificação do próprio campeonato.

Medalha de Mérito

A Medalha de Mérito, entregue a desportistas que se distinguem pelos serviços prestados com relevância para o Desporto Nacional ou ao Olimpismo foi atríbuida a Shintaro Yokochi. Nascido no Japão, em Hiroshima, no dia 31 de Outubro de 1935, o Mestre Yokochi foi professor de natação durante mais de 40 anos e veio revolucionar completamente os métodos de treino no nosso País. A sua relevante carreira como atleta, e fundamentalmente como técnico, é das mais consagradas da natação nacional, tendo ainda uma importante projecção internacional.  

Medalha Olímpica

De seguida a Medalha Olímpica, galardão que distingue o melhor atleta do ano em modalidades olímpicas. O triatleta João Silva, vencedor da Taça do Mundo de Monterrey, 4º classificado na Finalíssima do Campeonato do Mundo Elite, 4º Classificado no Campeonato do Mundo da Europa Elite e 5º Classificado absoluto no Campeonato do Mundo 2010, foi o grande vencedor da Medalha Olímpica. Teresa Portela (Canoagem) e João Pina (Judo) têm Menções Honrosas nesta categoria.

Ordem Olímpica

No prémio Ordem Olímpica, destinado a premiar carreiras desportivas de elevado nível e reconhecimento público, Ryszard Hoppe representante da Federação Portuguesa de Canoagem, conquistou a distinção. Hoppe é Treinador da Equipa de Portuguesa de Velocidade desde 2005 e tem um percurso de 40 anos como treinador, dos quais 14 como seleccionador (Polónia e Portugal). Os seus atletas conquistaram 15 Medalhas em 2010. No seu extenso e rico percurso constam diversas medalhas em Campeonatos do Mundo e da Europa e das suas presenças em cinco edições dos Jogos Olímpicos, os seus atletas conquistaram duas medalhas olímpicas.

Troféu Olímpico

O Troféu Olímpico é um prémio que se atribui a cada quatro anos, ou seja uma vez em cada ciclo olímpico, destinando-se a homenagear pessoas colectivas, que tenham tido uma actividade de excepcional relevo no fomento e desenvolvimento da prática desportiva, particularmente no domínio das modalidades olímpicas. Este ano o prémio Troféu Olímpico distinguiu o Sporting Clube de Portugal. A instituição lisboeta é um clube eclético com mais de 5000 atletas num total de 24 modalidades, tendo conquistado mais de 14000 títulos e 22 Taças Europeias. O Sporting Clube de Portugal é ainda o Clube Português com o maior número de atletas com participações em Jogos Olímpicos (109).

Prémio Especial

A cerimónia de entrega dos Prémios e Galardões COP 2010 encerrou ainda uma homenagem especial aos atletas Medalhados na 1ª edição dos Jogos Olímpicos da Juventude que se realizaram no mês de Agosto, em Singapura. Miguel Fernandes (Triatlo), Mário Silva (Taekwondo) e Ana Rodrigues (Natação), recebem mais uma distinção neste evento que, ano após ano, premeia todos aqueles que fazem ou fizeram algo de relevante em prol do Desporto Nacional ou pelo Olimpismo.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais