Rui Bragança voltou a colocar a bandeira portuguesa no pódio ao ganhar a medalha de prata nos -58kg, em Taekwondo. Apenas dois pontos o afastaram do ouro, ganho por Mamayev do Cazaquistão. Esta é a segunda medalha de prata e terceira da missão portuguesa nas Universíadas de Verão, em Gwangju, na Coreia do Sul. As boas notícias continuam com a Seleção Nacional Universitária de Andebol a carimbar hoje a passagem para a final da competição, ao vencer a Hungria por 28-21.

Rui Bragança saiu medalhado de mais uma prova. Desta vez, ganhou a medalha de prata na categoria de -58kg de Taekwondo, na 28ª edição da Universíada de Verão, em Gwangju. Das cinco provas que disputou, o estudante de medicina da Universidade do Minho saiu vencedor em quatro, prestação que lhe deu acesso a um lugar no pódio.

“O Rui fez uma competição muito boa. Conseguiu ir vencendo os adversários com clareza e com excelente domínio do combate. A final foi muito tática e sempre com uma postura muito defensiva durante todo o combate. No último round decidimos arriscar mais e infelizmente a estratégia do adversário prevaleceu. Perdemos 0-2. Honestamente foi difícil perder assim”, lamenta o treinador Hugo Serrão.

Para trás, o português deixou o palestiniano Abualrob (8-5) e o lituano Radzins (8-2), na fase de eliminatórias. Alcançados os quartos-de-fina, Bragança defrontou Rodzik, da Polónia, e venceu por 12-7, resultado que o aproximava cada vez mais do pódio. A meia-final, frente ao russo Tukhvattullin, foi onde Rui obteve uma vitória mais expressiva, ao ganhar por 15-5.

A tão desejada final estava garantida, faltava derrotar Mamayev, do Cazaquistão, para alcançar o ouro. Mas o destino ditou outra sorte e os dois pontos conseguidos pelo russo na 3ª ronda foram suficientes para a sua vitória sobre o português. Rui Bragançaterminou assim em 2º lugar e ganhou a 3ª medalha da missão portuguesa em Gwangju. Portugal sobe para a posição 40 dos países medalhados.

Também no Taekwondo, Jean-Michel Fernandes competiu na categoria de -80kg. Foi eliminado ainda na fase de qualificação, onde venceu o primeiro combate, frente ao russo Egor Parfenov (9-4), e perdeu o seguinte com o mexicano Felix Hernandez (5-4). Jean-Michel não conseguiu então passar aos quartos-de-final e terminou em 9º lugar da prova.

A Seleção Nacional Universitária de Andebol conseguiu garantir hoje a sua presença na final da competição, apesar de a fase de grupos ainda não ter terminado. A sua vitória de hoje frente à Hungria, por 28-21, fez com que Portugal fosse a única equipa sem derrotas no grupo B e, por isso, o resultado do último jogo não terá influência no apuramento da formação lusitana.

Por disputar na fase de grupos ainda há o jogo com o Brasil, equipa que já acumula duas derrotas. O jogo está agendado para domingo, dia 12, às 20 horas. Esta é a primeira vez que o país participa na modalidade de Andebol e numa final coletiva nas Universíadas de Verão. O segundo finalista vai ser apurado também dia 12 no jogo entre a Rússia e a Coreia do Sul.

TEXTO: Federação Académica do Desporto Universitário

Artigos Relacionados

Taekwondo
1.02.2014
Andebol
1.02.2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais