Doze anos depois, Portugal volta a conquistar duas medalhas em Campeonatos do Mundo de Atletismo.
Inês Henriques ganhou o ouro nos 50 km marcha, depois do bronze de Nelson Évora no triplo salto.
Mas Inês Henriques ainda conseguiu bater o recorde mundial que já lhe pertencia desde janeiro, fixando a nova marca em 4.05.56. Aos 37 anos, é recordista mundial e venceu o Campeonato do Mundo. E fica para a história do Desporto português.

Pela primeira vez, os Campeonatos do Mundo de atletismo contaram com uma prova feminina nos 50 km marcha. No setor masculino, desde a primeira edição do evento, em Helsínquia, em 1983, que a prova existia.
Nas mulheres, a marcha estava restrita aos 20 km.

No entanto, no ano passado, a Associação Internacional de Atletismo (IAAF) tomou uma decisão: as atletas femininas poderiam participar nos 50 km Marcha, mas teriam de correr com os homens e segundo as mesmas regras.

Com 37 anos, Inês Henriques lutou e foi premiada. A atleta portuguesa marcha desde os 12 anos.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais