Assim se chamam os voluntários dos 1ºs Jogos Europeus, anunciou esta semana a organização de Baku 2015.  Este nome reflete o papel central que os voluntários irão desempenhar na promoção do espírito do evento, sendo também uma homenagem ao Azerbaijão, a Terra do Fogo, e à paixão e calor da sua população.

Azad Rahimov, Ministro azeri da Juventude e Desporto e CEO dos Jogos de Baku 2015, referiu: “O programa de voluntariado dos Jogos oferece uma oportunidade fantástica para os jovens se envolverem nos Jogos de Baku 2015 e assim apoiarem o Azerbaijão no palco internacional”.

“Todos os Guardiões da Chama irão ganhar uma relevante experiência profissional ao mesmo tempo que fazem parte de um momento único na história do nosso país, com este programa a deixar um legado no que diz respeito a evento multidesportivos desta dimensão na nação”, acrescentou.

O recrutamento de voluntários está a decorrer estando já inscritos mais de 16.000 candidatos. No total, Baku 2015 irá selecionar 12.500 voluntários até ao arranque dos Jogos no dia 12 de junho, estando neste momento a decorrer centenas de entrevistas semanais tendo em vista a escolha destes voluntários.

As tarefas que irão desempenhar são chave para o sucesso dos Jogos, destacando-se papéis como assistir os atletas e dignitários, trabalhar nas provas desportivas, ou dar assistência aos espectadores e jornalistas.

Como contrapartida da sua contribuição para o sucesso do evento, os Guardiões da Chama terão transporte gratuito entre todos os locais de competição, uniformes, refeições e telecomunicações.

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais