Os atletas portugueses saíram de sorriso rasgado e olhar brilhante da cerimónia de abertura dos segundos Jogos Olímpicos da Juventude de verão. Os jovens atletas caracterizam a cerimónia como algo único, “espetacular”, afirma a maioria. Na primeira vez em que os atletas assistem presencialmente a uma cerimónia de abertura de um evento olímpico, as emoções fluem na pele.

Para Luís Ferreira, atleta português que irá competir na modalidade de canoagem, a cerimónia foi “espetacular, fantástica, muito emocional. Estava à espera de pouco, mas superou todas as minhas expectativas”, afirma. As expectativas de Ana Sofia Silveira eram já elevadas antes do evento. A atleta de ciclismo define a cerimónia de abertura e os Jogos Olímpicos da Juventude como “a melhor experiência do mundo”.

Pedro Ferreira, atleta que representará Portugal na modalidade de ginástica de trampolins, foi o porta estandarte português na cerimónia. De acordo com a tradição olímpica, a cerimónia iniciou-se com o desfile de 204 bandeiras, representando cada Comité Olímpico Nacional. Pedro Ferreira desfilou entusiasticamente com a bandeira portuguesa, representando toda a equipa da missão olímpica. Para ele foi uma experiência inesquecível, “foi espetacular e muito diferente de estar na bancada. Estava no meio de tanta gente, via as bancadas todas cheias, milhares de pessoas, foi uma experiência única”, ressalva.

A cerimónia com uma duração musical de 240 minutos, teve mais de 4800 figurinos em palco, milhares de participantes e seis meses de período de ensaio para dar as boas-vindas a todos os atletas. A cerimónia retratou a história científica, artística, cultural e comercial da China para a construção de um mundo moderno. Somando a representações dos valores olímpicos, as performances artísticas retrataram a astronomia, a porcelana, a rota da seda e os navios do tesouro, elementos característicos do passado chinês. Miguel Cassiano, atleta de triatlo, ficou deslumbrado com todo o espetáculo e afirma que a nova experiência foi importante porque “deu-me ânimo para a competição que aí vem”.

Na cerimónia, Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional dirigiu-se aos atletas afirmando que “vocês estão a demonstrar que o desporto olímpico é mais do que a competição. É, também, partilhar, aprender e fazer amigos à volta do globo”.

Cerca de 60 mil pessoas estiveram presentes no estádio Nanjing Olympic Sports Centre, na cerimónia que dita o início das competições olímpicas. A cerimónia decorreu no dia 16 de agosto e teve início às 20 horas locais (13 horas em Portugal).

Patrocinadores/Parceiros Nacionais