O Chefe da Missão Portuguesa aos primeiros Jogos Europeus, José Garcia, e o seu adjunto, Marco Alves, estiveram esta semana em Baku para o último Open Day organizado pelo Comité local responsável pelos Jogos Europeus. Os representantes portugueses foram uma de 22 delegações de Comité Olímpicos Nacionais (NOC’s) presentes em Baku.

O programa de três dias destinado aos 59 elementos dos NOC’s presentes serviu para dar informação sobre um conjunto de atualizações acerca dos preparativos para os Jogos, incluindo-se várias apresentações e workshops protagonizados por diferentes áreas da organização, como a área médica e anti-doping, transporte e alojamento.

Os delegados dos NOC’s puderam ainda visitar muitos dos locais de competição e verificar os grandes avanços efetuados nos últimos meses em infra-estruturas como o novo Estádio Nacional ou o Parque Olímpico.

Adicionalmente, os delegados puderam visitar também o local de competição da Canoagem, em Mingachevir, onde terão lugar as provas desta modalidade entre 14 e 16 de junho.

O balanço do Chefe de Missão José Garcia é bastante positivo. “É impressionante a qualidade dos equipamentos desportivos que serão utilizados para a realização destes primeiros Jogos Europeus e de um modo geral, os meios que estão a ser utilizados, como por exemplo a construção de uma auto-estrada em fase de conclusão que liga Baku a Mingachevir que distam mais de 250 km. Impressionante é, também, a qualidade dos meios humanos que estão a colaborar com o Comité organizador (BECOG). São centenas de colaboradores com experiência na organização de Jogos Olímpicos, vindos de Londres 2012, Atenas 2004, Sydney 2000, etc.”

José Garcia destaca ainda a arquitectura das infra-estruturas, realçando que a escolha de Baku será vencedora. “Se, o que realmente importa é a sua funcionalidade, é impossível ficar indiferente à beleza dos Estádios e Pavilhões que permitirão a realização desta primeira edição dos Jogos Europeus e ao legado que constituirão para população de Baku e para o Azerbaijão. Apesar de estarmos ainda a 119 dias do início dos Jogos, a maior parte das instalações desportivas está em fase final de construção, requalificação e acabamentos, e considerando a qualidade do trabalho já realizado, o entusiasmo e até orgulho expresso por todos os elementos que constituem o BEGOC, estou certo que a atribuição deste projeto dos Comités Olímpicos Europeus a este jovem país, será uma aposta ganha”.

 

Artigos Relacionados

Baku 2015
30.09.2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais