Miguel Oliveira foi o último desportista a ser convidado pelo Presidente da República na iniciativa “Desportistas no Palácio de Belém” e perante os alunos da Escola Básica Carlos Ribeiro (Seixal) e da Escola Básica e Secundária de Idães (Felgueiras), assumiu que dentro de três anos quer ser campeão do mundo de motociclismo: “Acho que em três anos é possível. Como o vou fazer? Vai ser obviamente com muito trabalho e com a dedicação que me é conhecida por todos. Sei que tenho a capacidade para lutar por vitórias e pódios”.

Aos 24 anos é o único português que chegou ao patamar mais elevado do motociclismo e mantém o desejo de chegar à equipa principal da KTM para mostrar a sua melhor versão. Aos alunos presentes recordou ainda a sua primeira mota, oferecida pelo pai no Natal de 2003, em troco da garantia de que seria “um bom menino na escola, teria bons resultados e não seguiria as manias dos outros”.

O programa “Desportistas no Palácio” foi uma iniciativa da Presidência da República em colaboração com o Comité Olímpico de Portugal que chegou hoje ao fim. Sobre a ação, o Presidente da República fez um balanço bastante positivo: “Esta série ultrapassou tudo o que tinha imaginado. Todos os atletas foram excecionais, lidaram diretamente com as crianças e jovens, que sabiam tudo em pormenor. Para mim, foi uma surpresa, porque todos os atletas são campeões em termos desportivos, mas são campeões em termos humanos”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

 

Vídeo Miguel Oliveira disponível aqui.

 

ATLETAS PRESENTES NO PROGRAMA DESPORTISTAS NO PALÁCIO DE BELÉM

Rosa Mota, Atletismo – maratona
Jorge Fonseca, Judo
João Rodrigues, Vela
João Sousa, Ténis
Luís Figo, Futebol
Frederico Morais, Surf
Patrícia Mamona, Atletismo – triplo salto
Telma Monteiro, Judo
Elisabete Jacinto, Automobilismo
Ângelo Girão, Hóquei em Patins
Ticha Penicheiro, Basquetebol
Nelson Évora, Atletismo – triplo salto
Joana Pratas, Vela
Miguel Oliveira, Motociclismo

Créditos do vídeo: Ricardo Coutinho/Presidência da República

Patrocinadores/Parceiros Nacionais