Marcos Freitas conquistou a medalha de ouro (Pares) e de bronze (Singulares) no Open do Qatar, competição decorreu em Doha.
 

O Olímpico português, número 10 do ranking mundial, venceu a final da competição de Pares, juntamente com o croata Andrej Gacina, ao derrotarem na final os brasileiros Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi por 3-0 (11-3, 11-5 e 12-10).


Na prova de Singulares, Marcos Freitas foi eliminado nas meias-finais pelo germânico Dimitrij Ovtcharov (n.º 6 do ranking), com quem perdeu por 2-4 (2-11, 12-10, 9-11, 6-11, 11-9 e 8-11).


A prestação portuguesa no Open foi excelente, com João Monteiro a chegar aos quartos de final e Fu Yu aos oitavos de final de Singulares.

 

TEXTO: FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA

Patrocinadores/Parceiros Nacionais