O Comité Olímpico Internacional (IOC) anunciou a intenção de mover as provas de maratona e marcha para a cidade de Sapporo, que recebeu os Jogos Olímpicos de Inverno 1972. A razão para esta alteração prende-se com as temperaturas significativamente mais baixas que se fazem sentir nesta região do Japão.

A cerca de 800 quilómetros do sul de Tóquio, Sapporo apresentará na altura dos Jogos menos cinco ou seis graus, o que poderá mitigar o impacto das altas temperaturas nos competidores.

Esta decisão vem no seguimento de outras recomendações que o grupo de trabalho do IOC tem apresentado ao IOC e ao Comité Organizador dos Jogos Tóquio 2020:

– Atletismo: distâncias de 5 000 metros ou superiores serão agendadas para as sessões da tarde e não da manhã, e eventos de maratona e marcha devem ser agendados para horários de madrugada;

– Rugby: todas as sessões da manhã devem terminar antes do meio dia;

– Ciclismo: prova de montanha deve partir apenas depois das 15 horas.

Sendo a maratona e a marcha duas das provas que mais preocupam os peritos do grupo de trabalho, a proposta de mudar a localização das provas será submetida à discussão com a Federação Internacional, Comités Olímpicos Nacionais e serviços de broadcasting.

Nos últimos tempos, os eventos de preparação em Tóquio têm testado algumas das medidas para minorar o efeito das condições atmosféricas no desempenho dos atletas. Melhores sombras, instalação de sistemas de refrigeração e mais acesso e água têm sido algumas das medidas implementadas.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais