O esquiador português Andrea Bugnone terminou hoje a prova de Slalom em 27º lugar, entre 62 atletas, com o tempo global de 1:47.87 (+9.13), naquela que foi a última prova com participação portuguesa nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno Lillehammer 2016.

Andrea Bugnone terminou a primeira manga em 31º, com o tempo de 54.53, a 4.89 do melhor tempo que tinha sido alcançado pelo norueguês Odin Vassbotn Breivik. Na segunda manga, já sem os 20 esquiadores que não terminaram a primeira manga, o atleta português terminou com o tempo de 53.34, subindo quatro lugares para terminar em 27º.

“A prova de hoje foi muito boa, especialmente a segunda manga. O 27º lugar é muito bom, tanto para mim como para Portugal. Vou continuar a trabalhar para melhorar os meus resultados e para contribuir ainda mais para a história do esqui em Portugal”, afirmou Andrea Bugnone que já tinha alcançado o 31º lugar em Super-G, o 21º lugar na prova de Combinado, e que não terminou a prova de Slalom Gigante devido a uma queda na primeira manga.

O austríaco Manuel Traninger conquistou a Medalha de Ouro, com o sueco Filip Vennerstroem a conquistar a Prata e Odin Vassbotn Breivik, da Noruega, a levar para casa a Medalha de Bronze.

“Participação histórica de Portugal”

No momento em que terminou a participação portuguesa nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno Lillehammer 2016, Pedro Farromba, Chefe da Missão Portuguesa a Lillehammer 2016 e Presidente da Federação de Desportos de Inverno de Portugal, fez um balanço bastante positivo da participação portuguesa, afirmando que “esta foi uma participação histórica de Portugal nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno. Histórica porque foi a primeira mas histórica também porque conseguimos ficar em média dentro dos 30 melhores do mundo, tendo mesmo chegado ao lugar 21º na prova de Combinado. Para um país que a cada passo faz a sua história nesta modalidade, acredito que esta competição foi mais um importante contributo para sermos cada vez melhores. Para o conseguirmos precisamos que as olimpíadas de inverno tenham o mesmo tratamento que as de verão, o que, com os resultados aqui obtidos, estou certo conseguiremos. Por último quero deixar o meu especial agradecimento ao Comité Olímpico de Portugal que tanto nos tem apoiado e que, mais uma vez, mostrou que podemos contar com eles”.

Estes Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno terminam no domingo com a cerimónia de encerramento, onde Joana Lopes será a porta-estandarte portuguesa. Amanhã Andrea Bugnone estará num encontro com o Presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach.

 

Resultados dos Atletas Portugueses

13 de fevereiro
Andrea Bugnone – Super-G Masculino – 31º Lugar / 1:14.47

14 de fevereiro
Andrea Bugnone – Combinado Masculino – 21º Lugar / 1:58.21

16 de fevereiro
Joana Lopes – Slalom Gigante Feminino – 35º / 3:22.94

17 de fevereiro
Andrea Bugnone – Slalom Gigante Masculino – DNF

18 de fevereiro
Joana Lopes – Slalom Feminino – DNS

19 de fevereiro
Andrea Bugnone – Slalom Masculino – 27º / 1:47.87

 

 

Crédito Foto: Youth Information Service / IOC

Patrocinadores/Parceiros Nacionais