Tendo em vista abordar a premente necessidade de reforma da integridade e boa governação no desporto, mais de 50 instituições de referência em vários setores da área do desporto reuniram-se no Museu do Prado em Madrid no passado dia 8 de abril com o objetivo formalizar a criação da Sport Integrity Global Alliance (SIGA), num evento presidido pelo Presidente do Conselho Superior do Desporto de Espanha, Miguel Cardenal Carro,  onde mais de 40  representantes de topo se comprometeram a envidar esforços para apoiar o desenvolvimento desta aliança no trabalho colaborativo para acelerar e conduzir reformas cruciais no âmbito da boa governação e transparência financeira no desporto.

Enquanto coligação independente e neutral que reúne parceiros internacionais de diferentes áreas, a SIGA foi lançada com o propósito único de proteger a integridade do desporto. A sua criação surge após um intenso período de trabalho e várias reuniões de grupos de peritos que tiveram lugar em Nova Iorque, Genebra, Bruxelas, Madrid e Londres entre novembro de 2015 e fevereiro de 2016, onde o COP esteve representado desde a fase inicial pelo seu Diretor Geral, João Paulo Almeida.

No âmbito da criação da SIGA, foi assinada uma Declaração de Princípios-Chave de integridade no desporto, composta por 12 princípios orientadores que, se plenamente adotados, configuram a implementação de padrões de referência na  Boa Governação e Integridade das apostas desportivas e financeira no desporto

Consulte em baixo a declaração de princípios sobre integridade no desporto, a declaração de intenções e a lista de signatários em conjunto com o comunicado oficial em língua inglesa.

 

Patrocinadores/Parceiros Nacionais