João Costa foi quarto classificado na final da Taça do Mundo, que decorreu até hoje em Munique, e que reunía os atiradores medalhados de todas as Taças do Mundo da presente temporada. O atirador nacional ficou à beira do pódio na prova de Pistola Livre a 50m.

João Costa conseguiu atingir sétima ronda, onde apenas chegaram quatro dos oito atiradores em prova. Porém, por uma diferença inferior a um ponto, o atirador português não conseguiu atingir o pódio, que seria preenchido pelo vencedor Zhiwei Wang, da China, Tomoyuki Matsuda, do Japão, e Jongoh Jin, da Coreia do Sul.

No domingo, João Costa também havia participado na competição de Pistola a 10m, mas a prova não correu de feição, quedando-se pelo 10º e último lugar.

De realçar o facto de João Costa ter sido o único atirador nacional em prova, dado esta ser a elite mundial da modalidade, onde apenas atletas medalhados nas Taças do Mundo da presente temporada teriam acesso. A sua presença deveu-se a uma época de excelência, com a conquista de várias medalhas pelo atirador quatro vezes olímpico.

Nos Campeonatos da Europa de Bala venceu duas medalhas, uma de prata e outra de bronze, em pistola a 50m e em pistola standard a 25m, em Osijek, na Croácia. O atirador de 48 anos venceu ainda mais duas medalhas em provas internacionais de referência, uma medalha de ouro na Taça do Mundo de Munique e uma medalha de prata na Taça do Mundo de Granada.

Na Taça da Europa de Pistola Standard, disputada em Saint Jean de Marsacq, em França, João Costa foi o mais forte atirador na prova de 25m, conquistando a medalha de ouro.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais