Depois do ouro da passada sexta-feira, na prova de Pistola Livre a 50 metros, novo ouro para João Costa na Taça do Mundo em Munique, na Alemanha, na competição de Pistola de Ar Comprimido a 10 metros. A cidade bávara parece mesmo ser talismã para João Costa pois são várias as medalhas já conquistadas em Taças do Mundo em Munique, que se juntam a muitas outras no vasto palmarés do atirador luso quatro vezes olímpico.

João Costa venceu este domingo de manhã a prova de Pistola de Ar Comprimido a 10 metros 201.4 de pontuação total, impondo-se novamente ao japonês Tomoyuki Matsuda, com 200.4, que já havia ficado atrás do atirador português na passada sexta-feira, quedando-se na altura pelo terceiro lugar do pódio. O terceiro classificado hoje foi o chinês Yang Sun a grande distância de João Costa e do atirador nipónico, com 177,3.

Esta é mais um resultado que comprova o grande momento que o atirador luso João Costa atravessa, depois ter conquistado o apuramento olímpico para Portugal para os Jogos do Rio 2016 na semana passada.

Na prova de Pistola Livre a 50 metros, ganha na passada sexta-feira, João Costa liderou a competição desde início nunca deixando a concorrência aproximar-se. O atirador do Sporting Clube de Portugal venceu a prova com uma pontuação total de 194.7, levando a melhor sobre o chinês Bowen Zhang que terminou com 188.5 e sobre o japonês Tomoyuki Matsuda que fechou o pódio com 168.6.

Também na Alemanha está a outra olímpica da modalidade, Joana Castelão, que foi hoje 36ª na prova de Pistola a 25 metros. A atiradora procura o apuramento olímpico e ainda competirá na prova de Pistola de Ar Comprimido a 10 metros, como o seu compatriota.

João Costa dá seguimento ao grande resultado da semana passada, ele que neste ciclo olímpico tem acumulado grandes resultados internacionais, em Mundiais, Europeus e Taças do Mundo. Aos 50 anos (terá 51 no Rio de Janeiro), João Costa corre para a sua quinta participação olímpica, depois de se ter estreado em Sidney em 2000, onde conseguiu o seu melhor resultado nos Jogos, um 7º lugar, precisamente na prova em que hoje garantiu quota olímpica para Portugal. Resultado que igualou na última edição dos Jogos, em Londres, em 2012, naquele que foi o seu segundo diploma olímpico.

 

Patrocinadores/Parceiros Nacionais