Quando faltam apenas 6 dias para o início dos Jogos Europeus Minsk 2019, recordamos a 6ª medalha conquistada por Portugal na edição inaugural em Baku 2015.

João Costa, experiente atirador português e porta-estandarte na Cerimónia de Abertura de Baku, fez subir novamente a bandeira nacional, desta vez na competição de pistola a ar comprimido a 10 metros.

Recorde a evolução durante a competição em Baku que valeu a medalha de prata:

O atirador português esteve sempre nos lugares da frente ao longo de toda a prova, quer nas qualificações, quer na final. Na fase de apuramento, terminou em 3º com 582 pontos, uma pontuação que regressou a zero para a final com os oito melhores atiradores.

Um a um os finalistas foram sendo eliminados, com João Costa nos lugares de pódio na maioria do tempo, fixando no 2º lugar quando já só estavam os últimos quatro. Chegou a estar em primeiro perto do final, mas o sérvio Damir Mikec acabou por levar a melhor com 201.8 pontos, contra os 201.5 pontos de João Costa. Apenas três décimas impediram de se ouvir novamente o hino nacional em Baku, mas a medalha estava garantida! O pódio foi completado pelo eslovaco Juraj Tuzinsky.

“Foi uma final complicada, com muitas variações na classificação, mas é algo normal. Prefiro andar nos lugares da frente e consegui. Estou muito feliz com o êxito e já estou a pensar na próxima prova”, revelou o atirador quatro vezes olímpico no final da prova.

João Costa integra a Missão de Portugal aos Jogos Europeus Minsk 2019. Veja aqui o calendário de competição e apoie os atletas portugueses durante toda a competição.

Artigos Relacionados

Patrocinadores/Parceiros Nacionais