Durante o treino desta manhã da atleta Camille Dias, o oficial da Missão que estava a acompanhar o treino, Pedro Flávio, vice-presidente da Federação de Desportos de inverno de Portugal, sofreu uma queda em que fraturou o fémur.

O oficial da missão olímpica nacional foi prontamente assistido e transportado para o hospital em Sochi, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica que teve a duração de três horas. A operação foi conduzida por Alexander Shevchenko, um dos melhores ortopedistas da Rússia, que está em Sochi para dar apoio à organização.

Pedro Flávio encontra-se bem, em observação, sendo expectável que tenha alta daqui a dois dias, sendo então decidido, em conjunto com a equipa médica assistente, se regressa de imediato a Portugal ou se se mantém em Sochi mais alguns dias para observação.

O acidente ocorreu durante o acompanhamento do treino da esquiadora Camille Dias, uma vez que Pedro Flávio estava a fazer o apoio técnico dado que o treinador de Camille, o suíço Joan Aymon, apenas amanhã chegará a Sochi.

O chefe da Missão Olímpica, Pedro Farromba, agradeceu o apoio da organização neste momento difícil. “É um momento de tristeza e consternação para todos, mas acima de tudo quero ressalvar o extraordinário apoio e atenção que tivemos por parte da organização. Tanto a assistência na própria pista, como depois no hospital foram de excelência e só podemos agradecer, ainda para mais quando tanta polémica tem havido sobre questões organizativas, mas a Missão Portuguesa só tem motivos de elogios para tudo o que tem encontrado em Sochi”.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais