O Presidente do COI, Thomas Bach, recebeu ontem da mão do Presidente Honorário da instituição, Jacques Rogge, as chaves do Museu Olímpico, antes da sua inauguração, após a renovação de que foi alvo.

O Museu irá abrir as portas ao público no próximo dia 21 de dezembro, 23 meses depois do início dos trabalhos de renovação. Até dia 23 de janeiro, a entrada será gratuita. Dirigido por Francis Gabet, o Museu Olímpico integra agora as últimas inovações tecnológicas e uma nova abordagem museológica.

Visitantes de todo o mundo poderão mergulhar na história, legado, sonhos, desafios e valores que contribuíram para tornar o Movimento Olímpico aquilo que é hoje. A visita começa no Parque Olímpico, inteiramente redesenhado, antes da entrada na área de exposição que praticamente dobrou a sua área para 3.000 metros quadrados, com a exposição permanente a ocupar três pisos.

Após a visita, Thomas Bach partilhou as suas primeiras impressões. “O mundo olímpico mistura a tradição com a modernidade. Este museu consegue assegurar este binómio de forma inovadora e emocionante, atingindo, simultaneamente, os mais e os menos jovens. Se há local fora de uns Jogos Olímpicos onde se pode sentir o espírito olímpico com o mesmo nível de intensidade, é sem dúvida neste redesenhado Museu”.

O Museu Olímpico foi inaugurado pela primeira vez no dia 23 de junho de 1993. Desde então acolheu mais de três milhões de visitantes em vinte anos de existência, tendo tido mais de 200 exposições temporárias, das quais 50 fora das suas paredes. A sua missão é explicar e partilhar a ideia olímpica que está por detrás da celebração dos Jogos, bem como promover e destacar o contributo do olimpismo para a sociedade de ontem, hoje e de amanhã.

 

Primeira reunião da Comissão Executiva sob a liderança de Bach

Teve também ontem lugar em Lausanne, a primeira reunião da Comissão Executiva do COI sob a liderança do Presidente Thomas Bach.

Os temas que estiveram em cima da mesa foram, naturalmente, a próxima edição dos Jogos Olímpicos de inverno, dentro de 58 dias em Sochi, para além do ponto de situação da organização dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Outros temas foram as alterações feitas pelo Comité Olímpico da Índia à sua constituição, de forma a levantar a suspensão que lhe foi imposta pelo COI, bem como as obras de melhoramento da Sede do COI. O dia começou com uma reunião com a Associação de Comités Olímpicos Nacionais.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais