Foi com chave de ouro que Portugal fechou a participação no World Roller Games, ao sagrar-se Campeão do Mundo de Hóquei em Patins. A seleção nacional sénior masculina bateu a congénere argentina no desempate por penaltis, depois de persistir o empate sem golos, tanto no tempo regulamentar, como no período de prolongamento.

Uma partida emocionante e marcada pelo equilíbrio, deu no final o resultado mais feliz a Portugal que, 16 anos depois, volta a subir ao lugar mais alto do pódio mundial, voltando a afirmar-se com uma potência da modalidade.

Mas para além da equipa de hóquei em patins muitos outros portugueses brilharam nos World Roller Games, trazendo para Portugal um total de dez medalhas: 2 de ouro (seleção sénior hóquei em patins e Ernesto Silva – solo dance masculino), 3 de prata (Ana Walgode – solo dance sénior; Ana Walgode e Pedro Walgode – pares dança senior; Diogo Craveiro – patinagem livre junior)  e 5 de bronze (Pedro Walgode – solo dance sénior; Bruna Pinheiro e Ernesto Silva – pares de dança junior; Catarina Craveiro e Diogo Craveiro – pares artísticos; Emanuel Salvadinho, Manuel Magalhães, Rodrigo Coelho e Diogo Ferreira – Quartetos; Equipa sub19 – hóquei em patins).

© Federação Portuguesa de Patinagem

Patrocinadores/Parceiros Nacionais