O Governo do México, através da Autoridade Nacional de Educação Física e Desporto (CONADE), tornou-se a mais recente entidade a manifestar o seu apoio à Sport Integrity Global Alliance (SIGA), uma aliança independente de mais de 60 organizações líderes que representam interesses do desporto ao nível mundo empresarial, governos, organizações internacionais, ONGs e outros sectores chave.

A SIGA está assente em 12 princípios básicos sobre a integridade no desporto, princípios esses que foram formalmente adotadas no mês passado, em Madrid, numa reunião organizada pelo governo espanhol.

Os membros da SIGA trabalham para o desenvolvimento de boas práticas em três áreas: Integridade Financeira, Boa Governação e Apostas Desportivas. Estas práticas estão a ser desenvolvidas com o objetivo de serem adotadas e generalizadas por todo o sector do desporto, seguidas pela sua monitorização e aplicação efetiva.

Felicitando o trabalho desenvolvido pela CONADE, Emanuel Macedo de Medeiros, Coordenador da SIGA, Diretor Executivo da ICSS Europa, cofundador e ex-Diretor Executivo da EPFL (Ligas Europeias de Futebol Profissional) afirmou que “como uma aliança informal recém-lançada, com um objetivo comum de condução de reformas fundamentais na indústria do desporto, a SIGA congratula-se de acolher o México no nosso esforço global coordenado para combater a corrupção no desporto.”

“O conceito da SIGA surgiu em 2015 na sequência de vários escândalos que serviram como um apelo urgente à ação. As organizações SIGA e seus líderes trabalham em colaboração de forma a mover o sector desportivo para uma nova era de transparência e responsabilidade”, finalizou Emanuel Macedo de Medeiros.

O Comité Olímpico de Portugal, tendo por referência o seu Plano de Ação para a Boa Governação e Integridade Desportiva considera crucial para a salvaguarda da reputação moral do desporto o reforço dos mecanismos de cooperação, a nível global, entre o Movimento Olímpico e Desportivo, autoridades governamentais, órgãos de polícia criminal, reguladores, patrocinadores e operadores de apostas desportivas, pelo que saúda o acordo alcançado com o governo mexicano e reafirma o seu empenho para uma ação célere e concertada no seio da SIGA face à recente proliferação de casos de manipulação de competições desportivas que comprometem os valores e princípios fundamentais consagrados na Carta Olímpica.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais