Em Baku, hoje foi dia do arranque da Natação, que nestes Jogos Europeus está limitada ao escalão júnior. Portugal teve vários atletas em prova, mas o grande destaque foi Gabriel Lopes, que foi o único que conseguiu passar as eliminatórias, nos 100m Costas, e que bateu ainda o recorde nacional júnior da distância.

Nas meias-finais da prova de 100m Costas, o nadador Gabriel Lopes fez o 13º tempo  entre todos os semifinalistas, batendo ainda o recorde nacional júnior dos 100 metros costas, com a marca de 56,23 segundos, tempo ainda assim insuficiente para ir à final, mas melhorou os 56,92 da manhã, que lhe tinha valido o 16.º tempo entre os participantes. Na mesma distância, João Vital foi 43.º entre 50 atletas com o registo de 59,47.

Gabriel Lopes vai competir ainda nos 50 metros costas, nos 100 mariposa e nos 200 estilos, enquanto João Vital vai fazer também os 200 metros costas e 200 e 400 estilos.

Alexandre Coutinho, Guilherme Pina e João Gil não conseguiram apurar-se para final dos 400 livres, classificando-se, respetivamente, no 33.º lugar (4.02,42), 40.º (4.04.80) e 48.º (4.10,47) em 51 competidores, sendo que a final fechou em 3.55,97.

Alexandre Coutinho e Guilherme Pina vão fazer ainda os 800 e 1.500 metros livres em Baku, enquanto João Gil competirá nos 200 livres.

Nos 400 estilos, também Madalena Azevedo e Francisca Cabral se ficaram pelas eliminatórias ao terminarem no 17.º e 18.º tempos, respetivamente, com 5.07,14 e 5.08,32, quando a classificação para a final foi obtida aos 4.56.50.

Madalena Azevedo vai ainda competir também nos 200 metros estilos, enquanto Francisca Cabral vai fazer ainda os 200 estilos e os 200 e 400 livres.

Ana Rita Faria foi 42.ª nos 100 livres com 59,18, com o acesso às “meias” a fechar a 57,99, e antepenúltima no conjunto das eliminatórias dos 800 livres (9.22,19).

 

Sónia Gonçalves consegue primeira vitória do Badminton luso em Baku

Depois das três derrotas averbadas ontem na estreia dos atletas lusos em prova no Badminton em Baku, Portugal somou hoje a primeira vitória com Sónia Gonçalves (288.ª do ranking mundial) que se impôs à sérvia Milica Simic (265.º) por 21-16 e 21-15, em 27 minutos.Com esta vitória, Sónia Gonçalves soma agora uma vitória e uma derrota, estando empatada com a espanhola que ontem a havia batido. Amanhã, na última partida da fase de grupos, Sónia terá pela frente a mais difícil das adversárias do Grupo B, a dinamarquesa Line Kjaersfeldt. Um jogo muito complicado em previsão mas onde apenas uma vitória servirá para um potencial apuramento para os oitavos dos Singulares Femininos.

Já na prova de Singulares Masculinos, Ricardo Silva (566.º) teve pela frente o dinamarquês Emil Host, o 55.º jogador do ranking, que venceu sem grandes dificuldades o atleta luso por duplo 21-9. Com este resultado, Ricardo já não tem hipóteses de apuramento para os oitavos-de-final, cumprindo amanhã o terceiro e último jogo do Grupo H onde está inserido, frente a um adversário da Croácia.

Em pares masculinos, a dupla lusa composta por Ricardo Silva e Ângelo Silva perderam frente aos irmãos irlandeses Sam e Joshua Magee (83.º) pelos parciais de 21-15 e 21-6, em 27 minutos, restando poucas esperanças no apuramento para a fase seguinte.

Amanhã termina a fase de grupos no Badminton, tendo os atletas lusos desta modalidade uma última oportunidade para continuarem em prova nos Jogos Europeus.

Artigos Relacionados

Morrer na praia
27.06.2015
Lisboa2Baku
10.04.2015
Natação
1.02.2014
Badminton
1.02.2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais