O Comité Internacional dos Jogos do Mediterrâneo (ICMG) anunciou hoje que, findo o prazo de apresentação de candidaturas, foram aceites três declarações de intenções para a organização dos Jogos do Mediterrâneo de praia 2023, entre as quais a da cidade portuguesa da Figueira da Foz, através do Comité Olímpico de Portugal.

Para além de Portugal, também o Comité Olímpico do Chipre propôs uma cidade, Larnaca, enquanto Itália sugere Pesaro. Em dezembro, a Comissão Executiva do ICMG aprovará o calendário final deste processo, que deverá ser o seguinte:

– até 31 de dezembro de 2019: submissão dos ficheiros de candidatura

– até 7 de janeiro de 2020: envio dos ficheiros pelas cidades candidatas aos vários Comités Nacionais integrantes do ICMG

– primeira semana de fevereiro de 2020: eleição da cidade vencedora por voto eletrónico

Pela primeira vez, três cidades mostraram interesse em organizar esta competição, que terá em 2023 a sua terceira edição. Recorde-se que a primeira edição foi em 2015 em Pescara (Itália). No passado mês de agosto, foi Patras, na Grécia, que acolheu a segunda edição da competição. Portugal participou pela primeira vez na edição de 2019, com a conquista de seis medalhas – uma de ouro e cinco de prata.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais