Os orgãos sociais da Federação de Triatlo de Portugal, recentemente eleitos, tomaram hoje posse na sede do Comité Olímpico de Portugal. Vão assumir um mandato para os próximos 4 anos, coincidente com o novo ciclo olímpico.

Estas foram umas eleições muito concorridas. Apresentaram-se três listas e os resultados foram muito equilibrados.  A direção foi ganha por Vasco Rodrigues. No discurso de tomada de posse, o novo presidente elogiou os antecessores, bem como as respetivas equipas.

Vasco Rodrigues tem como principal missão transferir gradualmente para os clubes e demais agentes da modalidade “a responsabilidade pelo desenvolvimento do Triatlo, passando a federação a assumir funções de supervisão e motivação dos diferentes projetos que surjam em torno da modalidade”.

Dos vários objetivos propostos no programa federativo, Vasco Rodrigues anunciou que gostaria de garantir nos Jogos de Tóquio a presença de 3 atletas masculinos (com perspectiva de uma medalha) e de 2 atletas femininas. A nova direção quer ainda apostar no projeto Esperanças Olímpicas para 2024.

Este foi o primeiro ato oficial que o COP recebeu em 2017. A partir de agora todas as ações de relevo organizadas na sede do COP serão divulgadas.

triatlo

Patrocinadores/Parceiros Nacionais