Fernando Pimenta venceu duas medalhas de ouro nas Universíadas, nas provas de K1 1.000 metros e K1 500 metros de Canoagem. Se no domingo, no K1 1000m, o medalhado olímpico português bateu a concorrência de forma impiedosa, ganhando com mais de um segundo e meio de avanço, na final dos 500m, desta segunda-feira, Pimenta esteve ainda mais forte, completando a distância em menos dois segundos que o segundo classificado.

Fernando Pimenta venceu a prova com 1.43,9 minutos, deixando o alemão Martin Schubert e o russo Victor Andrushkin a 2,055 e 2,092 segundos, nas restantes posições de pódio.

Na primeira medalha ganha nas Universíadas, no K1 1000m, disputado ontem, Pimenta venceu com o tempo de 3.48,135 minutos, derrotando o bielorrusso Aleh Yurena (3.49,814) e o polaco Rafal Rosolski (3.50,325).

No final da prova de domingo, em declarações à Agência Lusa, o canoísta português revelou o seu contentamento. “Foi uma prova em que me tentei destacar do grupo principal e ganhar a cabeça da prova como costumo fazer. Tentar gerir ao máximo o meu esforço, controlar a prova, ter boas sensações. Tive muito boas sensações, já não tinha estas sensações há muito tempo e acho que é um bom indicador para as próximas provas”, como se veio a confirmar hoje com a conquista da segunda medalha para o canoísta de Ponte de Lima.

Portugal encerrou assim a sua participação nas Universíadas, o segundo maior evento multidesportivo do mundo, que decorre até quarta-feira, dia 17, em Kazan, na Rússia. Fernando Pimenta garantiu, desta forma, duas medalhas de ouro a Portugal nas Universíadas de 2013, que se juntaram aos bronzes conquistados por André Alves (judo -73 kg) e Marcos Chuva (salto em comprimento), o outro atleta olímpico nacional presente nesta competição.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais