Tiago Apolónia e João Monteiro alcançaram a medalha de prata na variante de pares do GAC Group 2015 ITTF World Tour Grand Finals, competição que decorreu no Pavilhão Multiusos de Odivelas.

Os olímpicos portugueses perderam na final por 1-4 ( 6-11, 11-8, 11-13, 10-12 e 8-11) com os japoneses Masataka Morizono / Yuya Oshima, que já tinham eliminado Marcos Freitas e o croata Andrej Gacina.

Os dois atletas conquistaram ainda um prize money de 9.000 dólares.

Tiago Apolónia: “Agradecer este espetacular apoio”

Tiago Apolónia afirmou que “”já sabíamos que estavam aqui oito dos melhores pares de nível mundial e chegar à final foi muito bom. Claro que gostávamos de ter ganho. Gostaria de agradecer este espetacular apoio que tivemos aqui.”

João Monteiro: “Ficou um sabor amargo”

João Monteiro reconheceu que o quarto set “foi decisivo. Estivemos à frente por 10-7 e não conseguimos vencer. No set a seguir tivemos mais um set point com 10-9 e isso a este nível paga-se caro. Pelo menos um destes dois sets devíamos ter ganho. E no mínimo a partida ficaria em 2-2 e estaria tudo ainda em aberto. Assim, ficou complicado. A partir dai eles também jogaram melhor com a vantagem de 3-1. Não deixa de ser um grande resultado para nós este segundo lugar, mas é claro que depois daquilo que se passou durante a partida ficou um sabor amargo.”

 

TEXTO: Federação Portuguesa de Ténis de Mesa

Patrocinadores/Parceiros Nacionais